Duelo entre Vôlei Renata e Funvic/Educacoin/Natal coloca frente a frente campeões do Pan-Americano júnior

Publicado em: 17/12/2021

Duelo entre Vôlei Renata e Funvic/Educacoin/Natal coloca frente a frente campeões do Pan-Americano júnior
Vôlei Renata, de Adriano, está em quarto lugar (Créditos: Divulgação/Vôlei Renata )

Em outubro, o ponteiro Adriano, do Vôlei Renata (SP), e o líbero Yudi, do Funvic/Educacoin/Natal (RN), ajudaram o Brasil a conquistar o título da primeira edição dos Jogos Pan-Americanos Júnior, na Colômbia. Neste sábado (18.12), os dois vão estar em lados opostos pela Superliga no duelo entre a equipe campineira e o time potiguar. O jogo acontece às 19h30, no ginásio do Taquaral, em Campinas (SP), com transmissão ao vivo do SporTV 2.

Na classificação geral, o Vôlei Renata aparece em quarto lugar, com 18 pontos (seis vitórias e três derrotas). O Funvic/Educacoin/Natal é o oitavo, com 11 pontos (quatro resultados positivos e cinco negativos). O Fiat/Gerdau/Minas (MG), único invicto, é o líder, com 27 pontos (nove vitórias).

“Vai ser um jogo difícil, contra uma equipe que tem uma linha de passe muito boa. Estamos nos preparando, sabemos do desafio que teremos pela frente e vamos em busca dessa vitória. Reencontrar o Adriano é uma felicidade muito grande. Vivemos momentos únicos no Jogos Pan-Americanos Júnior, quando ficamos com o título, e vai ser uma experiência especial jogar contra ele pela Superliga”, explica Yudi, que também tem participado das partidas da Superliga como ponteiro para sacar e fazer o fundo de quadra.

O atacante Adriano mostra otimismo para a confronto e relembra com carinho dos Jogos Pan-Americanos Júnior.

“Vivemos um grande momento na Colômbia, nos tornamos bons amigos, mas dentro de quadra a história é diferente. A amizade sempre vai existir, mas os dois vão buscar a vitória. Vai ser um bom jogo e durante a partida vão acabar acontecendo algumas brincadeiras saudáveis”, brinca Adriano.

Todos os jogos da Superliga seguem um rígido protocolo de segurança elaborado pela CBV. Para acesso aos ginásios, o torcedor deve apresentar comprovação oficial de vacinação plena ou teste RT-PCR negativo realizado até 72 horas antes da partida/teste de antígeno negativo realizado até 24 horas antes da partida. Na entrada do ginásio haverá aferição de temperatura corporal e o uso de máscara é obrigatório durante todo o evento. Os clubes têm a responsabilidade de cumprir o protocolo de segurança e as exigências sanitárias de cada município.

SUPERLIGA 21/22

10ª rodada do turno

17.12 (SEXTA-FEIRA) – Vedacit Vôlei Guarulhos (SP) x Sesi-SP, às 21h, no Arnaldo José Celeste, em Guarulhos (SP) – SporTV 2

18.12 (SÁBADO) – Goiás Vôlei (GO) x Montes Claros América Vôlei (MG), às 16h, na Goiânia Arena, em Goiânia (GO) – SporTV 2

18.12 (SÁBADO) – Vôlei Renata (SP) x Funvic/Educacoin/Natal (RN), às 19h30, no Taquaral, em Campinas (SP) – SporTV 2

18.12 (SÁBADO) – Azulim/Gabarito/Uberlândia (MG) x Fiat/Gerdau/Minas (MG), às 21h30, no Poliesportivo Raul Belém, em Monte Carmelo (MG) – Canal Vôlei Brasil

19.12 (DOMINGO) – Farma Conde Vôlei – São José (SP) x Brasília Vôlei (DF), às 14h, no DCTA, em São José dos Campos (SP) – SporTV 2

19.12 (DOMINGO) – Apan/Eleva (SC) x Sada Cruzeiro (MG), às 21h, no Galegão, em Blumenau (SC) – SporTV 2

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Secretaria Especial do Esporte