Superliga Cimed 2018-2019
Você está em: Home > Notícias > Superliga Banco do Brasil 20/21

CBV e clubes avaliam possibilidades de tabela e calendário para temporada


Publicado em: 12/08/2020 17:07
Representantes das 12 equipes se reuniram virtualmente nesta quarta-feira (Créditos: Divulgação/CBV )

A quarta-feira (12.08) foi produtiva para a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e os 12 clubes participantes da Superliga Banco do Brasil 20/21. Instituição e representantes das equipes masculinas se reuniram de forma virtual devido a pandemia da COVID-19 para discutirem a tabela e o calendário das competições desta temporada. 

A CBV e as equipes participantes apresentaram um primeiro rascunho da tabela que estará sob análise dos clubes para as possíveis modificações até o dia 31 de agosto. 

Na reunião virtual participaram representantes das 12 equipes garantidas na Superliga Banco do Brasil masculina 20/21; Apan/Eleva/Blumenau (SC), Minas Tênis Clube (MG), Vôlei UM Itapetininga (SP), Montes Claros América Vôlei (MG), Caramuru Vôlei (PR), Sada Cruzeiro (MG), EMS Taubaté Funvic (SP), Sesi-SP, Azulim/Gabarito/Uberlândia (MG), Vedacit Vôlei Guarulhos (SP), Pacaembu Ribeirão (SP) e Vôlei Renata (SP). 

Após a reunião, o superintendente de competições quadra da CBV, Renato D’Avila, fez questão de parabenizar os clubes pelo engajamento na busca pela melhor tabela possível para Superliga Banco do Brasil 20/21. 

“Assim como o feminino, a reunião com os clubes do masculino foi muito produtiva. Os clubes fizeram um trabalho muito bom e já temos uma primeira versão da tabela, um plano B e um calendário praticamente definido. Como próximo passo vamos discutir o regulamento da competição na sexta-feira e seguiremos com a organização da Superliga Banco do Brasil”, garantiu Renato D´Avila. 

Dando sequência ao planejamento da competição, nesta sexta-feira (14.08), será realizada mais uma reunião virtual desta vez sobre o regulamento da próxima edição. 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileira