Superliga 2019-2020
Você está em: Home > Notícias > Fim do returno

Sesc RJ vence Dentil/Praia Clube e confrontos das quartas de final são definidos


Publicado em: 16/03/2019 01:10
Sesc RJ comemora ponto na vitória sobre o Dentil/Praia Clube (Créditos: Divulgação/Dentil/Praia Clube )

As cruzamentos das quartas de final da Superliga Cimed feminina de vôlei 18/19 estão definidos. Com o encerramento da última rodada da fase de classificação nesta sexta-feira (15.03), o playoff melhor de três terá os seguintes confrontos: Itambé/Minas (MG) (1º) x Curitiba Vôlei (8º), Dentil/Praia Clube (2º) x Fluminense (7º), Sesc RJ (3º) x Sesi Vôlei Bauru (6º) e Hinode Barueri (4º) x Osasco-Audax (5º).

Na partida que marcou a reedição da última final da Superliga Cimed, o Sesc RJ levou a melhor sobre o Dentil/Praia Clube (MG) por 3 sets a 0 (25/23, 25/21 e 25/20), no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG). A ponteira Drussyla teve atuação segura e ficou com o Troféu VivaVôlei. A central Bia também brilhou e foi a maior pontuadora do confronto, com 15 acertos (seis de ataque, três de saque e seis de bloqueio). O resultado garantiu o time carioca em terceiro lugar na classificação geral. Ao final do duelo, Drussyla fez uma análise do confronto.

“Mesmo errando mais do que gostaríamos, conseguimos ser constantes na partida. Nunca desistimos de buscar essa vitória importante. Acredito que o Praia esteve um pouco abaixo, mesmo jogando em casa, mas nada que tire o nosso mérito hoje”, analisou Drussyla.

Outros jogos

O Itambé/Minas foi até o Paraná e levou a melhor sobre o Curitiba Vôlei (PR) por 3 sets a 0 (25/21, 25/10 e 25/16), na Univ. Positivo, em Curitiba (PR). A ponteira Natália se destacou e ficou com o Troféu VivaVôlei e a oposta Bruna foi a maior pontuadora do confronto, com 13 pontos. Com a vitória, o time do treinador Stefano Lavarini se garantiu em primeiro lugar ao final da fase classificatória.

O Osasco-Audax jogou em casa e superou o BRB/Brasília Vôlei (DF) por 3 sets a 0 (25/19, 25/23 e 25/14), no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). A ponteira Ângela Leyva teve uma atuação inspirada, ficou com o Troféu VivaVôlei e foi a maior pontuadora da partida, com 19 pontos (16 de ataque e três de saque).

O Hinode Barueri jogou fora de casa e passou pelo São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) por 3 sets a 0 (25/14, 25/22 e 25/12), no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano (SP). A central Thaisa teve uma atuação segura, ficou com o Troféu VivaVôlei e deixou a quadra como a maior pontuadora, com 17 pontos (nove de ataque, seis de bloqueio e dois de saque).

O Fluminense mostrou força e venceu o Sesi Vôlei Bauru na casa do adversário por 3 sets a 1 (25/15, 20/25, 29/27 e 25/18), na Panela de Pressão, em Bauru (SP). A levantadora Jú Carrijo ficou com o Troféu VivaVôlei e, apesar da derrota, o Sesi Vôlei Bauru teve a maior pontuadora da partida, a ponteira Gabi Cândido, com 19 acertos.

O Pinheiros (SP) jogou em casa e se despediu da Superliga Cimed 18/19 com vitória. A equipe da capital paulista venceu o Balneário Camboriú (SC) por 3 sets a 1 (25/23, 26/28, 25/19 e 25/17), no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo. A ponteira cubana Herrera foi a maior pontuadora do confronto, com 20 acertos, e a central Roberta ficou com o Troféu VivaVôlei.

O JOGO

O Sesc RJ começou melhor e fez 6/4. O Dentil/Praia Clube cresceu de produção e fez seis pontos seguidos (10/6). Bem no bloqueio, o time mineiro manteve a vantagem no marcador (14/10). O Sesc RJ passou a sacar com eficiência e deixou tudo igual no placar (16/16). Neste momento, o treinador Paulo Coco pediu tempo. O set ficou disputado ponto a ponto. O Sesc RJ segurou uma reação das mineiras no final da parcial e venceu o primeiro set por 25/23.

O Sesc RJ seguiu melhor e fez 4/2 no início do segundo set. Quando o placar estava 8/3 para as cariocas, o treinador Paulo Coco fez duas substituições. Entraram Paula Borgo e Rosamaria e saíram Fawcett e Michelle. Bem no saque, o Dentil/Praia Clube encostou no marcador (11/9). O time da casa conseguiu um ponto de bloqueio e deixou tudo igual no placar (13/13). Com a central Bia bem no boqueio e eficiente nos contra-ataques, as cariocas abriram cinco pontos (19/14). As mineiras diminuíram a vantagem no marcador e a diferença no placar caiu para três pontos (21/18). O Sesc RJ foi melhor no final da parcial e levou a melhor no segundo set por 25/21.

O Dentil/Praia Clube fez os três primeiros pontos de bloqueio do terceiro set. Bem no ataque, as donas da casa fizeram 7/4. Com eficiência no saque, o time carioca empatou a parcial (7/7). O set ficou disputado ponto a ponto. Com dois pontos seguidos de bloqueio, o time carioca fez 13/12. As visitantes abriram dois pontos (16/14) e na sequência, o time da casa empatou (16/16). O Sesc RJ conseguiu três pontos seguidos (19/16) e o treinador Paulo Coco pediu tempo. O Sesc foi melhor até o final e venceu o terceiro set por 25/20 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES:

DENTIL/PRAIA CLUBE – Lloyd, Fawcett, Fernanda Garay, Michelle, Fabiana e Carol. Líbero – Suelen 
Entraram – Ananda, Rosamaria, Paula Borgo, Lais, 
Técnico – Paulo Coco

SESC RJ – Roberta, Monique, Kosheleva, Drussyla, Juciely e Bia. Líbero – Gabiru 
Entraram – Kasiely, Vitória, Mayhara e Peña
Técnico - Bernardinho

SUPERLIGA CIMED FEMININA

 11ª  RODADA

 15.03 (SEXTA-FEIRA) – Pinheiros (SP) 3 x 1 Balneário Camboriú (SC), às 21h30, no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo (SP) (25/23, 26/28, 25/19 e 25/17)

 15.03 (SEXTA-FEIRA) – Sesi Vôlei Bauru (SP) 1 x 3 Fluminense (RJ), às 21h30, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP) – Globoesporte.com (15/25, 25/20, 27/29 e 18/25)

 15.03 (SEXTA-FEIRA) – São Cristóvão Saúde/são Caetano (SP) 0 x 3 Hinode Barueri (SP), às 21h30, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP) (14/25, 22/25 e 12/25)

 15.03 (SEXTA-FEIRA) – Osasco-Audax (SP) 3 x 0 BRB/Brasília Vôlei (DF), às 21h30, no José Liberatti, em Osasco (SP) – Canal Vôlei Brasil (25/19, 25/23 e 25/14)

 15.03 (SEXTA-FEIRA) – Curitiba Vôlei (PR) 0 x 3 Itambé Minas (MG), às 21h30, na Univ. Positivo, em Curitiba (PR) (21/25, 10/25 e 16/25)

 15.03 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 0 x 3 Sesc RJ, às 21h30, no ginásio do Praia Clube, em Uberlândia (MG) (23/25, 21/25 e 20/25)

 O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro