Superliga Cimed 2018-2019
Você está em: Home > Notícias > Por 3 a 1

Sada Cruzeiro vira o jogo e vence o Sesc RJ


Publicado em: 09/03/2019 23:00
Sada Cruzeiro bateu os donos da casa neste sábado (Créditos: Luciano Belford)

Grandes atletas e um jogo em quadra. No final, vitória do Sada Cruzeiro (MG) sobre o Sesc RJ em partida válida pela décima rodada do returno da Superliga Cimed masculina de vôlei 2018/2019. Neste sábado (09.03), na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ), a equipe mineira perdeu o primeiro set, mas virou o jogo e levou a melhor por 3 sets a 1, com parciais de 21/25, 25/23, 25/14 e 25/19.

Após a vitória, o oposto Luan foi premiado com o Troféu VivaVôlei, de melhor da partida. O atacante, que entrou no segundo set no lugar de Evandro, que sentiu dores nas costas, foi quem recebeu o maior número de votos no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e, por isso, eleito o destaque em quadra.

“No primeiro set eles foram melhores, e no segundo nós voltamos com o pensamento um pouco diferente de errar menos saque e aproveitar algumas situações. Passamos a sacar bem, e nós conseguimos trabalhar bem em cima do flutuante. A equipe do Sesc RJ é muito forte e estamos muito felizes com essa vitória”, disse Luan.

O atacante ainda foi o maior pontuador do confronto, com 19 acertos – sendo 16 de ataque e dois de saque. Luan ainda fez questão de elogiar os companheiros de equipe.

“A equipe do Sada Cruzeiro é muito homogênea. Tem atletas mais experientes e outros mais jogos e todos apresentam um rendimento muito bom. Ainda estamos em uma crescente, nosso ponto forte, neste momento, está sendo a reviravolta que estamos conseguindo dar depois de estar em dificuldade na partida”, complementou o oposto do time mineiro.

Do lado do Sesc RJ, o técnico Giovane Gávio analisou o andamento do jogo e destacou a boa atuação do adversário desta noite.

“Eles foram superiores, mereceram a vitória. Começamos bem, jogando num bom ritmo e tivemos chances de fechar o segundo. Aquilo poderia ter mudado o jogo. Eles mudaram a estratégia de saque, normalmente usam mais a força, preferiram um saque alternado e a entrada do Luan mudou o jogo. Fizeram um terceiro set muito bom. Temos que ser mais firmes nos momentos que temos vantagem, isso vai fazer muita diferença nos playoffs, porque é um outro tipo de campeonato, onde não há espaço para erros: é vencer ou ficar pelo caminho”.

Na décima primeira e última rodada da fase classificatória, o Sesc RJ estará no interior de São Paulo para enfrentar o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP), enquanto o Sada Cruzeiro voltará a jogar em casa e receberá o Sesi-SP. Por ser a rodadas decisiva, todos os jogos serão disputados no mesmo dia e no mesmo horário: sábado (16.03), às 19h30.

Caramuru Vôlei, Fiat/Minas e Sesi-SP também vencem

No primeiro jogo deste sábado, o Caramuru Vôlei (PR) precisou de cinco sets, mas venceu o São Judas Voleibol (SL) por 3 sets a 2: 20/25, 25/21, 25/15, 23/25 e 16/14. Após uma partida bastante disputada, a equipe catarinense saiu de quadra com o resultado positivo, mesmo na casa do adversário, e a comissão técnica elegeu o líbero Gian como melhor da partida.

Na sequência, o Fiat/Minas (MG) atuou ao lado de sua torcida e levou a melhor sobre o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR). A equipe dirigida pelo técnico Nery Tambeiro venceu por 3 sets a 1k, com parciais de 26/24, 23/25, 25/17 e 26/24. O oposto Felipe Roque recebeu o maior número de votos no site da CBV e foi eleito o melhor do jogo. O atacante também foi o maior pontuador da partida, com 26 acertos.

Também em casa, o Sesi-SP superou o Vôlei UM Itapetininga (SP) por 3 sets a 0 (25/20, 25/19 e 25/19) em partida onde o central Gustavão se destacou e foi premiado com o Troféu VivaVôlei após ser escolhido pela comissão técnica do seu time como o melhor jogador do duelo. O oposto da equipe da Vila Leopoldina, foi quem mais pontuou, com o total de 15 acertos.

Vôlei Renata vence em noite de homenagem

E na vitória de mais um mandante, o Vôlei Renata (SP) venceu o Corinthians-Guarulhos (SP). A equipe de Campinas (SP) fez 3 a 1, de virada, com parciais de 23/25, 25/20, 25/17 e 28/26. Na noite em que o massagista Luizão foi homenageado pela CBV por ter trabalhado em todas as 25 edições da Superliga Cimed já realizadas, o time da casa contou com boa atuação do central Vini, eleito o melhor da partida. Apesar da derrota do seu time, o ponteiro Diogo foi quem mais pontuou, com o total de 20 acertos.

SUPERLIGA CIMED FEMININA 18/19

Décima rodada do returno

28.02 (QUINTA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) 3 x 0 São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP), às 20h, no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP) (25/17, 25/19 e 25/19)

09.03 (SÁBADO) – São Judas Voleibol (SP) 2 x 3 Caramuru Vôlei (PR), às 11h, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo (SP) (25/20, 21/25, 15/25, 25/23 e 14/16)

09.03 (SÁBADO) – Fiat/Minas (MG) 3 x 1 Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 16h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (26/24, 23/25, 25/17 e 26/24)

09.03 (SÁBADO) – Sesi-SP 3 x 0 Vôlei UM Itapetininga (SP), às 17h, no Sesi Via Leopoldina, em São Paulo (SP) (25/20, 25/19 e 25/19)

09.03 (SÁBADO) – Vôlei Renata (SP) 3 x 1 Corinthians-Guarulhos (SP), às 18h, no ginásio Taquaral, em Campinas (SP) (23/25, 25/20, 25/17 e 28/26)

09.03 (SÁBADO) – Sesc RJ 1 x 3 Sada Cruzeiro (MG), às 20h30, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ) (25/21, 23/25, 14/25 e 19/25)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro