Superliga Cimed 2018-2019
Você está em: Home > Notícias > Com emoção

Em partida digna do clássico, Osasco/Audax vence Sesc-RJ


Publicado em: 23/02/2019 00:32
Hooker foi a maior pontuadora do duelo (Créditos: Marcelo Zambrana/Fotojump)

Um duelo digno do clássico. Assim foi a partida entre Osasco/Audax (SP) e Sesc-RJ pela oitava rodada do returno da Superliga Cimed feminina de vôlei 18/19. No noite desta sexta-feira (22.02) mais de 3,8 mil torcedores acompanharam a vitória do time paulista por 3 sets a 2 (25/23, 22/25, 21/25, 25/23 e 15/9), no José Liberatti, em Osasco (SP).

A oposta norte-americana Destinee Hooker foi o grande destaque em quadra. A jogadora foi bastante acionada no confronto e anotou 28 pontos, sendo assim a maior pontuadora. Além disso Hooker também ficou com o Troféu VivaVôlei após ser eleita em votação popular pelo site da Confederação Brasileira de Voleibol. A jogadora agradeceu o carinho.

“Eu considero o time de Osasco a minha casa no Brasil. E receber esta energia contagiosa da torcida é algo muito gratificante. A gente entra em quadra e se dedica ao máximo”, contou Hooker.

Outro destaque do time paulista foi a líbero Camila Brait. A atleta enalteceu a apaixonada torcida de Osasco.

“Quando a gente joga aqui dentro de casa não precisamos de nenhuma motivação além da força da torcida, eles sempre nos impulsionam, fazem o trabalho deles. E nós entramos firmes, querendo o resultado. Em alguns momentos a gente acaba oscilando, mas não é isso que queremos. Treinamos muito para minimizar estes erros por que essa oscilação não pode acontecer” comentou Brait.

Mesmo com o resultado positivo o Osasco/Audax segue em quinto lugar, enquanto o Sesc-RJ se manteve no terceiro posto.

Além do grande clássico entre Osasco/Audax e Sesc-RJ, mais três partidas movimentaram a noite desta sexta-feira. O Sesi Vôlei Bauru (SP) fez valer o fator casa e venceu o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) no tiebreak (25/21, 22/25, 25/18, 24/26 e 15/13), no Panela de Pressão, em Bauru (SP). A ponteira Tifanny Abreu, do time do Sesi foi a maior pontuadora do duelo com 25 acertos. Já o Troféu VivaVôlei ficou com a líbero Tássia.

No Rio de Janeiro (RJ) o Fluminense conseguiu um resultado importante ao bater o Curitiba Vôlei (PR) por 3 sets a 0 (25/14, 25/19 e 25/18), no Hebraica. O destaque do jogo foi a ponteira Pri Daroit, do tricolor, que levou o Troféu VivaVôlei e ainda foi a maior pontuadora ao marcar 18 vezes.

“A gente sabia a importância deste jogo. Entramos focadas, e a volta da Sassá e da Lara fez diferença. Espero que este seja um recomeço, pois merecemos. Conseguimos colocar em prática quase tudo que treinamos, tivemos alguns errinhos, mas conseguimos a vitória”, disse Pri Daroit.

Em uma briga direta para fugir da parte debaixo da tabela, o Pinheiros (SP) derrotou o BRB/Brasília Vôlei (DF) por 3 sets a 2 (25/23, 25/14, 20/25, 18/25 e 15/13), no Henrique Villaboin, em São Paulo (SP).

A oitava rodada só ficará completa no dia 12 de março quando o Hinode Barueri (SP) enfrentará o Dentil/Praia Clube (MG) e o Minas Tênis Clube (MG) receberá o Vôlei Balneário Camboriú (SC). As partidas foram adiadas em razão da participação dos times mineiros no Sul-Americano de clubes nesta semana.

SUPERLIGA CIMED FEMININA 2018/2019

Oitava rodada do returno

22.02 (SEXTA-FEIRA) – Sesi Vôlei Bauru (SP) 3x2 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 19h30, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP) (25/21, 22/25, 25/18, 24/26 e 15/13)

22.02 (SEXTA-FEIRA) – Fluminense (RJ) 3x0 Curitiba Vôlei (PR), às 20h, no ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) (25/14, 25/19 e 25/18)

22.02 (SEXTA-FEIRA) – E.C. Pinheiros (SP) 3x2 BRB/Brasília Vôlei (DF), às 20h, no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo (SP) (25/23, 25/14, 20/25, 18/25 e 15/13)

22.02 (SEXTA-FEIRA) – Osasco/Audax (SP) 3x2 Sesc RJ, às 21h30, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP) (25/23, 22/25, 21/25, 25/23 e 15/9)

12.03 (TERÇA-FEIRA) – Hinode Barueri (SP) x Dentil/Praia Clube (MG), às 19h30, no ginásio José Correa, em Barueri (SP)

12.03 (TERÇA-FEIRA) – Itambé/Minas (MG) x Balneário Camboriú (SC), às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro