Superliga Cimed 2018-2019
Você está em: Home > Notícias > Na volta a Superliga...

EMS Taubaté Funcvic vence Vôlei Renata por 3 sets a 0


Publicado em: 30/01/2019 21:45
Jogadores do EMS Taubaté Funvic comemoram ponto na vitória sobre o Vôlei Renata (Créditos: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic)

Quatro jogos movimentaram a noite desta quarta-feira (30.01) pela Superliga Cimed masculina de vôlei 2018/2019. Pela terceira rodada do returno, o EMS Taubaté Funvic (SP) recebeu o Vôlei Renata (SP) no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP), e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 25/20 e 25/20, se recuperando após ser eliminado pelo Fiat/Minas (MG) na semifinal da Copa Brasil, no último sábado (26.01).

Nesta noite, a equipe contou com grande atuação do oposto Leandro Vissotto. O experiente jogador saiu de quadra como maior pontuador do confronto, com 18 acertos – sendo 13 de ataque e cinco de bloqueio – e ainda recebeu o maior número de votos no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), sendo, assim, eleito o melhor da partida.

Já com o Troféu VivaVôlei, Vissotto relembrou a derrota do fim de semana que tirou seu time da decisão pelo título. “Não paramos de pensar naquela derrota da Copa Brasil nem por um segundo. Sentimos muito porque a nossa equipe não apresentou o que podia. A partir do momento em que entramos em quadra, temos a responsabilidade e temos que fazer o nosso melhor”, afirmou Vissotto.

O oposto do EMS Taubaté Funvic ainda elogiou o grupo nesta noite, destacando o grande equilíbrio da Superliga Cimed especialmente nesta edição 2018/2019.

“Hoje tivemos uma postura mais agressiva e, com o voleibol competitivo como está atualmente, não cada time fizer o seu melhor, qualquer um passa a ser o seu grande adversário. Quem quer chegar onde nós queremos, tem que ter atitude de querer ganhar todo jogo. Hoje foi mais um sinal de que podemos fazer melhor”, garantiu Leandro Vissotto.

Outro destaque da partida, o ponteiro Lucarelli também fez elogios ao desempenho do seu time nesta partida. “A rodada de bola e o saque foram bem melhores hoje e isso foi o nosso diferencial. No segundo set estávamos em desvantagem e com o Vissotto bem no saque revertemos o placar. Todos jogaram muito bem e isso é muito importante, esse é o caminho. Temos que ver esse jogo de hoje como exemplo para os próximos”, destacou Lucarelli.

Pelo lado do Vôlei Renata, o central Vini também ressaltou a grande atuação do adversário. “Não dá para tirar o mérito da equipe de Taubaté nesta noite. O time todo veio muito agressivo, com mudanças na e4stratégia e a na distribuição de bola. Nós conseguimos equilibrar em alguns momentos, mas eles estavam em uma noite inspirada”, concluiu Vini.

O EMS Taubaté Funvic volta a jogar pela Superliga Cimed no próximo sábado (02.02), às 11h, contra o São Judas Voleibol (SP), na casa do adversário. O Vôlei Renata volta a atuar diante de sua torcida e receberá o Sesc RJ no mesmo dia, às 18h.

O JOGO

Com Conte bem no saque, o EMS Taubaté Funvic abriu 3/0. Quando o time da casa abriu 7/2, Horacio Dileo pediu tempo. No erro de saque do adversário, Taubaté chegou a 9/4. Em boa passagem de Dani pelo saque, o Vôlei Renata reagiu e aproximou no placar (7/9). Com Vissotto, os donos da casa marcaram 12/8. No bloqueio de Lucão, o EMS Taubaté Funvic chegou a 15/11. A equipe da casa administrou a vantagem e abriu seis pontos em 20/14. O time do Vale do Paraíba seguiu melhor e fechou o primeiro set em 25/17.

O Vôlei Renata esteve em vantagem no início do segundo set e chegou a abrir 4/1 Vissotto bloqueou e levou o EMS Taubaté Funvic a encostar em 3/4. No lance seguinte, ponto de saque de Conte e o placar ficou igual: 4/4. O time de Campinas voltou a ter vantagem em 8/7. No bloqueio de Vini, o Vôlei Renata chegou a 13/10. O EMS Taubaté Funvic buscou, encostou em 15/16 e Dileo pediu tempo. Na volta, Lucarelli deixou tido igual em 16 pontos. No bloqueio de Lucão, o placar foi a 18/16 e o técnico do Vôlei Renata parou novamente. Em boa reação, os donos da casa chegaram a 21/18. Na sequência, o EMS Taubaté Funvic venceu por 25/20.

O terceiro set começou com equilíbrio, com as equipes empatando em 4/4. O EMS Taubaté Funvic teve dois de vantagem em 8/6. Mas, o Vôlei Renata não deixou o adversário escapar e chegou ao ponto de empate em 14/14. No ponto de saque de Conte, o time de Taubaté fez 18/17. Quando, no bloqueio, os donos da casa chegaram a 19/17, Horacio Dileo pediu tempo parta orientar seus jogadores. Conte pontuou no saque e o EMS Taubaté Funvic fez 22/17. Os donos da casa, então, se mantiveram no comando do marcador, até fechar em 25/20.

Sesi-SP, Vôlei UM Itapetininga e Sesc RJ também vencem

No primeiro jogo desta noite, o Sesi-SP recebeu o Caramuru Vôlei (PR) na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/20 e 25/17. O oposto Alan saiu de quadra como maior pontuador da partida, com o total de 15 acertos (14 de ataque e um de bloqueio) e o ponteiro Renato foi escolhido pela comissão técnica do seu time como melhor jogador da partida, sendo premiado com o Troféu VivaVôlei.

No Rio de Janeiro (RJ), O Sesc RJ enfrentou dificuldades, perdeu oos dois primeiros sets, mas virou o jogo e levou a melhor sobre o Corinthians-Guarulhos (SP) por 3 sets a 2 (18/25, 22/25, 25/18, 25/20 e 15/09). O oposto Wallace foi o mais votado no site da CBV e saiu de quadra premiado com o Troféu VivaVôlei de melhor em quadra. E, apesar da derrota do seu time, o ponteiro Diogo foi quem mais pontuou na partida, com 21 acertos, sendo 19 de ataque, um de saque e um de bloqueio.

E no confronto entre as duas equipes que subiram juntas para a Superliga Cimed 18/19, após a decisão da última edição da Superliga B, melhor para o Vôlei UM Itapetininga (SP), que levou a melhor sobre o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP). Nesta noite, em casa, a equipe de Itapetininga venceu por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 14/25, 25/22, 25/16 e 25/16. O levantador Pedro recebeu o Troféu VIvaVôlei e outros dois jogadores do time vencedor se destacaram na pontuação: Victor Cardoso e Sanchez, com 16 acertos cada um.

EQUIPES

EMS TAUBATÉ FUNVIC – Uriarte, Vissotto, Lucão, Athos, Conte e Lucarelli. Líbero – Thales

Entraram – Abouba, Raphael

Técnico: Daniel Castellani

VÔLEI RENATA – Demián, Dani, Vini, Luizinho, Temponi e João Paulo Tavares. Líbero – Lukinha

Entraram – Renan, Bello, Melqui, Michel, Angelus

Técnico: Horacio Dileo

SUPERLIGA CIMED MASCULINA 18/19

Terceira rodada do returno

29.01 (TERÇA-FEIRA) – Fiat/Minas (MG) 3 x 1 São Judas Voleibol (SP), às 17h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (25/21, 25/17, 22/25 e 29/27)

30.01 (QUARTA-FEIERA) – Sesi-SP 3 x 0 Caramuru Vôlei (PR), às 18h, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) (25/23, 25/20 e 25/17)

30.01 (QUARTA-FEIERA) – Vôlei UM Itapetininga (SP) 3 x 1 São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP), às 20h, no ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP) (14/25, 25/22, 25/16 e 25/16)

30.01 (QUARTA-FEIERA) – Sesc RJ 3 x 2 Corinthians-Guarulhos (SP), às 20h, no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ) (18/25, 22/25, 25/18, 25/20 e 15/9)

30.01 (QUARTA-FEIERA) – EMS Taubaté Funvic (SP) 3 x 0 Vôlei Renata (SP), às 21h30, no ginásio Abaeté, em Taubaté (SP) (25/17, 25/20 e 25/20)

31.01 (QUINTA-FEIERA) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) x Sada Cruzeiro (MG), às 19h30, no Chico Neto, em Maringá (PR)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro