Superliga 2019-2020
Você está em: Home > Notícias > Novo líder

Sada Cruzeiro vira o jogo diante do Vôlei UM Itapetininga


Publicado em: 12/01/2019 21:11
Sander foi o maior pontuador do jogo (Créditos: Agenciai7/Sada Cruzeiro)

O adversário saiu na frente, mas o Sada Cruzeiro (MG) virou o jogo, venceu o Vôlei UM Itapetininga (SP) e assumiu a liderança da Superliga Cimed masculina de vôlei 2018/2019. Neste sábado (12.01), pela primeira rodada do segundo turno da competição, a equipe cruzeirense jogou em casa, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG), e fez 3 sets a 1, com parciais de 28/30, 30/28, 25/19 e 25/23.

Com a vitória por 3 sets a 1, o Sada Cruzeiro conquistou três pontos e passou a 29 no total, chegando a primeira colocação da tabela de classificação. Sesi-SP e Sesc RJ têm 27 pontos e estão em segundo e terceiro, respectivamente.

Em uma partida bastante disputada, o levantador Sandro entrou e ajudou o Sada Cruzeiro a virar a partida. A boa atuação do jogador chamou a atenção dos torcedores, que votaram no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e o elegeram como o melhor da partida.

Premiado com o Troféu VivaVôlei, Sandro comemorou o resultado. “É um ano de muitas mudanças, saíram peças fundamentais da equipe e estamos nos adaptando. Já melhorou muito do começo da temporada para agora e temos que continuar nessa batida. Fato é que independentemente da oscilação do time, estamos na liderança. O Sada Cruzeiro tem um projeto vitorioso e esperamos que continue assim”, disse Sandro.

O levantador ainda falou sobre sua carreira. Prestes a fazer 38 anos, o jogador destacou a importância da experiência para ajudar seu time a buscar vitórias. “Com o passar dos anos, vamos descobrindo alguns atalhos para ajudar a conseguir um resultado positivo. Hoje pude entrar e ajudar a equipe e estou muito feliz por isso e com o resultado”, afirmou Sandro.

Pelo Vôlei UM Itapetininga, o ponteiro Victor foi o grande destaque. O jovem atleta marcou 21 pontos, sendo o segundo maior pontuador do jogo – atrás apenas do ponteiro norte-americano Sander, do Sada Cruzeiro, que marcou 23 vezes.

“A equipe do Sada Cruzeiro é muito forte e nós conseguimos fazer ótimos sets. Temos um grupo novo e isso atrapalha um pouco, mas viemos de jogos muito bons e esperamos seguir assim. Temos que nos preparar muito bem, especialmente para jogos como esse. Viemos muito confiantes, mas infelizmente não deu para conseguir a vitória”, comentou Victor.

Na próxima rodada do returno, o Sada Cruzeiro irá enfrentar o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP), na casa do adversário, no próximo sábado (19.01), às 17h, com transmissão do Canal Vôlei Brasil. O Vôlei UM Itapetininga também irá jogar fora de casa, contra o São Judas Voleibol (SP), no mesmo dia, às 11h.

E, ainda pela primeira rodada do segundo turno, São Judas Voleibol (SP) e Vôlei Renata (SP) se enfrentam neste domingo (13.01) às 18h, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo (SP), em partida com transmissão ao vivo da TV Gazeta.

Copel Telecom Maringá Vôlei vence o Sesc RJ

Mesmo na casa do adversário, o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) conseguiu importante vitória sobre o Sesc RJ. Na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ), o time dirigido pelo técnico Alessandro Fadul venceu por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 21/25, 25/23, 25/22 e 25/22. Dois jogadores da equipe paranaense se destacaram: o central Johan, eleito pelo público com o melhor da partida, e o ponteiro Vini, quem mais pontuou no confronto, com o total de 19 acertos.

Satisfeito com o Troféu VivaVôlei e com o resultado positivo, Johan comentou sobre o desempenho do seu time nesta noite.

“Começamos o jogo um pouco nervosos, errando bastante, mas a equipe conseguiu ficar tranquila a partir do segundo set, quando voltou mais concentrada no que era preciso ser feito. Estou muito feliz de ganhar esse troféu, é o primeiro da minha carreira e não vou esquecer. O VivaVôlei motiva ainda mais para seguir trabalhando forte e para que nosso time siga em busca dos objetivos na Superliga Cimed”, declarou Johan.

Já o técnico do Sesc RJ, Giovane Gávio, elogiou a atuação do adversário e demonstrou já estar com o foco direcionado para o próximo compromisso.

“Eles nos forçaram a rodar muito o time, jogaram bem com os ponteiros e nos colocaram em dificuldades. É mais uma demonstração do equilíbrio da competição, de que não há favorito e vai ser assim até o fim. Agora é hora de ‘arrumar a casinha’ porque temos uma decisão na semana que vem”, frisou o técnico, referindo-se ao confronto diante do Fiat/Minas, pela Copa Brasil, na próxima quarta-feira (16.01).

O JOGO

O Vôlei UM Itapetininga abriu o placar da partida com ponto de bloqueio de Wennder. O Sada Cruzeiro virou o placar e com Sander chegou a 3/1. Mais uma vez com o ponteiro norte-americano, dessa vez no saque, o time da casa chegou a 5/2. Com Rodriguinho, a equipe mineira marcou 8/6. O Vôlei UM Itapetininga buscou e, bem no bloqueio, colocou dois de vantagem (10/8), forçando Marcelo Mendez a pedir tempo. No bloqueio de Isac, os donos da casa reassimuram o comando do marcador em 12/11. Com Evandro, o Sada Cruzeiro colocou dois de vantagem: 16/14. No ace de Evandro, 18/16, e pedido de tempo de Magoo. Na volta, mais um ponto de saque do oposto (19/16). O Vôlei UM reagiu e, com Victor, chegou ao empate em 19 pontos. Foi a vez, então, do Sada Cruzeiro parar o jogo.  A reta final do set seguiu bem equilibrada, com o empate em 22/22 e depois em 24/24, em 28/28. No bloqueio, o Vôlei UM Itapetininga fechou em 28/30.

O segundo set teve um início equilibrado. No terceiro ace de Evandro no jogo, o Sada Cruzeiro conseguiu abrir dois em 5/3. A equipe da casa seguiu melhor e chegou a abrir três de vantagem em 10/7. O Vôlei UM Itapetininga buscou e, no bloqueio, chegou ao ponto de empate: 10/10. Contando com erros da equipe do interior de São Paulo, o Sada Cruzeiro abriu boa vantagem em 15/12. Neste momento, Magoo pediu tempo. O time visitante encostou no marcador em 16/17. A vantagem dos donos da casa se manteve em um ponto em 20/19. A reta final do set seguiu com equilíbrio e, quando o adversário colou no placar de novo (21/22), Mendez pediu tempo. No ace de Baesso, que entrou para sacar, o Vôlei UM Itapetininga deixou tudo igual: 23/23. Com Victor, a equipe paulista vira para 24/23. No erro do adversário, o Sada fez 25/24. Como o primeiro set, o segundo foi até o placar de 30/28, só que dessa vez para o Sada Cruzeiro.

A terceira parcial começou melhor para o Vôlei UM Itapetininga. Em boa passagem de Evandro pelo saque, o Sada Cruzeiro assumiu o comando do placar em 6/5. O time mandante passou a pontuar mais e quando abriu quatro de frente (11/7), Fabiano Magoo pediu tempo. Com ponto de bloqueio de Isac, a equipe cruzeirense chegou a 14/10. O Sada Cruzeiro seguiu melhor e, ajudado pelos erros do Vôlei UM Itapetininga, chegou a vantagem de seis pontos em 20/14. A diferença caiu em 17/21. Mas, o Sada Cruzeiro voltou a pontuar e virou o jogo vencendo o terceiro set por 25/19.

Com Isac em bola rápida pelo meio de rede, o Sada Cruzeiro chegou a 4/2. O central foi para o saque e com ace colocou seu time com três de vantagem: 5/2. No contra-ataque e ponto de Sanchez, o Vôlei UM Itapetininga reduziu a diferença para 6/8. Com dois erros seguidos dos donos da casa, os visitantes chegaram ao ponto de empate: 9/9. Com bloqueio, o Vôlei UM deixou tudo igual de novo em 12/12. Com Victor, a equipe do interior de São Paulo virou o set: 15/14. O Sada Cruzeiro teve um de vantagem em 20/19 e, no seu próprio erro, cedeu o empate ao adversário. Com Jarman, o Vôlei UM Itapetininga fez 21/20 e Marcelo Mendez pediu tempo. O set esteve igual em 22/22. Com Sander, o Sada Cruzeiro fechou em 25/23.

EQUIPES

SADA CRUZEIRO – Fernando Cachopa, Evandro, Isac, Le Roux, Rodriguinho e Sander. Líbero - Serginho

Entraram – Robert, Sandro, Luan, Léozinho

Técnico: Marcelo Mendez

VÔLEI UM ITAPETININGA – Pedro, Sanchez, Wennder, Jarman, Ademar, Victor. Líbero - Felipe

Entraram – Baesso, Rodriguinho, Dani Martins

Técnico: Fabiano Ribeiro (Magoo)

MELHORES MOMENTOS – Sesc RJ 1 x 3 Copel Telecom Maringá Vôlei

https://www.youtube.com/watch?v=WMUYHAGnfl4

SUPERLGA CIMED MASCULINA 18/19

Primeira rodada do segundo turno

11.01 (SEXTA-FEIRA) – Fiat/Minas (MG) 3 x 1 Corinthians-Guarulhos (SP), às 18h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (25/20, 25/17, 22/25 e 25/22)

12.01 (SÁBADO) – EMS Taubaté Funvic (SP) 3 x 1 Caramuru Vôlei (PR), às 17h, no ginásio Abaeté, em Taubaté (SP) (23/25, 25/19, 25/18 e 25/19)

12.01 (SÁBADO) – Sesi-SP 3 x 0 São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP), às 18h, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) (25/19, 25/21 e 25/16)

12.01 (SÁBADO) – Sesc RJ 1 x 3 Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 19h, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ) (25/21, 23/25, 22/25 e 22/25)

12.01 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro (MG) 3 x 1 Vôlei UM Itapetininga (SP), às 20h30, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG) (28/30, 30/28, 25/19 e 25/23)

13.01 (DOMINGO) – São Judas Voleibol (SP) x Vôlei Renata (SP), às 18h, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo (SP) – TV GAZETA

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro