Superliga Cimed 2018-2019
Você está em: Home > Notícias > Vitória em casa

Sesc RJ vira o jogo e vence o Fiat/Minas por 3 a 1


Publicado em: 24/11/2018 23:11
Wallace foi o maior pontuador do jogo ao lado de Honorato, do Fiat/Minas (Créditos: Luciano Belford)

Na noite em que o técnico Giovane Gávio foi homenageado pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), seu time, Sesc RJ, venceu o Fiat/Minas (MG) pela sexta rodada da Superliga Cimed masculina de vôlei 18/19. Neste sábado (24.11), a equipe carioca saiu atrás no placar, mas virou o jogo e venceu por 3 sets a 1, com parciais de 16/25, 25/19, 25/23 e 25/22, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ).

Giovane fez parte da série de 25 homenagens programadas pela CBV nesta edição de 25 anos da Superliga. O atual técnico do Sesc RJ foi lembrado por ter sido campeão da principal competição do calendário nacional como atleta e como treinador.

“Sempre muito bom ser reconhecido dessa forma. A minha vida é dedicada ao vôlei desde os primeiros anos até agora e a minha vida realmente gira em torno disso. Então, fico contente quando sou reconhecido pelo trabalho que eu tenho feito, que já fiz e é uma alegria muito grande. Lembro sempre que tudo isso faz parte de um trabalho coletivo, mas fiquei muito feliz”, destacou Giovane.

Nesta noite, o ponteiro Djalma foi o mais votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e, por isso, eleito o melhor da partida. Com o Troféu VivaVôlei em mãos, o jogador comemorou o fato de ter sido escolhido pelo público e a vitória em casa

“Essa é uma partida que sabemos que as pessoas estão assistindo e saber que gostaram do meu trabalho me deixa bem feliz. Hoje no campeonato não tem partida tranquila. Vimos isso no primeiro set, quando eles entraram em um ritmo muito forte, nossa equipe se perdeu um pouco, mas conseguiu voltar para o jogo depois e manter um bom equilíbrio dentro do grupo. Conseguimos o resultado, que foi muito importante para a nossa equipe nesse momento”.

Dois jogadores, um de cada lado, dividiram o posto de maior pontuador da partida: o oposto Wallace, do Sesc RJ, e o ponteiro Honorato, do Fiat/Minas – com 18 acertos cada um. Após a partida, o jogador do time mineiro avaliou o resultado.

“Sabíamos que, pela qualidade do time do Sesc RJ, montado para ganhar, iriamos passar dificuldade e que seria um jogo duro como foi. Começamos bem e eles começaram não tão bem. Depois passamos a errar e deixamos o time deles crescer. E, contra um time desse nível, jogando dessa forma, fica complicado sair com a vitória”, concluiu Honorato.

Na sétima rodada, o Sesc RJ irá ao Vale do Paraíba enfrentar o EMS Taubaté Funvic (SP) no próximo sábado (01.12). O confronto será às 20h, com transmissão ao vivo do SporTV 2. Já o Fiat/Minas voltará a jogar em casa, no mesmo dia, contra o Sesi-SP, às 16h.

O JOGO

Cledenilson abriu a partida com ponto de bloqueio a favor do Fiat/Minas. Japa respondeu para o Sesc RJ. A equipe visitante teve três de vantagem em 7/4. Depois de grande defesa de Maique, Davy pontuou no contra-ataque e o Fiat/Minas chegou a 11/5. No bloqueio, 12/5. Em grande passagem de Marlon pelo saque, o time visitante ainda chegou a 14/5. No bloqueio de Honorato, 16/7. A diferença no placar esteve em 11 pontos em 20/9. E o Fiat/Minas fechou em 25/16.

Os donos da casa começaram melhor no segundo set e fizeram 6/3. No ponto de saque de Djalma, o Sesc RJ chegou a 9/5. O time carioca ainda chegou a 11/6 e Nery Tambeiro pediu tempo. Com Maurício Souza em combinação rápida pelo meio, o placar foi a 13/9. No erro do adversário, o Fiat/Minas reduziu a diferença no placar para três em 14/17. No bloqueio simples de Wallace, o Sesc RJ marcou 20/15 e Nery pediu tempo.

Embalado pela boa vitória no set anterior, o Sesc RJ abriu 5/2 no começo da terceira parcial. O Fiat/Minas reagiu e, com Bob, chegou ao ponto de empate (6/6). O Fiat/Minas ainda chegou a 11/9 e Giovane pediu tempo. O time da casa chegou ao ponto de empate em 14/14. Flavio marcou 20/19 para o Fiat/Minas. No bloqueio de Tiago Barth, o Sesc RJ fez 22/20 e Nery pediu tempo.

O Fiat/Minas não desistiu do jogo e abriu bem o quarto set. No ace de Honorato, chegou a 6/2. Em boa passagem de Maurício Souza pelo saque, o Sesc RJ reagiu, encostou em 5/6, e Nery Tambeiro pediu tempo. As equipes estiveram empatadas em 8/8. No erro do adversário, o Sesc RJ marcou 11/8. Wallace colocou o time da casa com dois de vantagem (14/12). No bloqueio de Tiago Barth, o Sesc RJ marcou 19/16. O Fiat/Minas encostou em 20/21. No final, vitória do Sesc RJ por 25/22.

Outros resultados da noite

Também neste sábado, o Sesi-SP jogou em casa e conseguiu mais uma vitória na Superliga Cimed masculina 18/19. A equipe paulista venceu o São Judas Voleibol (SP) por 3 sets a 0 (25/21, 25/17 e 25/17), no ginásio do Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). O oposto Franco marcou 17 pontos, foi eleito o melhor da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei. Apesar da derrota, o São Judas Voleibol teve o maior pontuador do jogo, o oposto Alemão, com 19 pontos.

No duelo entre equipes do Paraná, melhor para o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR). A equipe passou pelo Caramuru Vôlei (PR) por 3 sets a 1 (21/25, 25/20, 25/21 e 25/22), no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR). O líbero Mário Jr. Teve uma atuação segura e levou o Troféu VivaVôlei para casa. O ponteiro Jonatas, da equipe de Caramuru, marcou 21 pontos e foi o maior pontuador do confronto.

Em uma partida extremamente equilibrada, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) venceu o Corinthians Guarulhos (SP) no quinto set. A equipe do treinador Marcos Pacheco superou o grupo corintiano por 3 sets a 2 (25/21, 25/23, 21/25, 17/25 e 15/11), no ginásio Cava do Bosque, em Ribeirão Preto (SP). O central Petrus foi eleito o melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol e ficou com o Troféu VivaVôlei Cimed.

A sexta rodada ainda teve uma partida adiada. Vôlei UM Itapetininga (SP) e EMS Taubaté Funvic (SP) se enfrentariam às 18h no ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP), mas, devido a uma forte chuva que caiu na cidade do interior de São Paulo, houve goteira na área da quadra e, para manter a integridade física dos atletas, o duelo foi adiado para o dia 19 de dezembro.

EQUIPES

SESC RJ – Thiaguinho, Wallace, Leandro Aracaju, Maurício Souza, Japa e Djalma. Líbero – Tiago Brendle

Entraram – Rammé, Everaldo

Técnico: Giovane Gávio

FIAT/MINAS – Marlon, Felipe Roque, Flávio, Cledenilson, Bob e Honorato. Líbero – Rogerio

Entraram – Felipe Roque, Carísio, Piá

Técnico: Nery Tambeiro

MELHORES MOMENTOS – São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão x Corinthians-Guarulhos

https://www.youtube.com/watch?v=4Fp0xJdCnA0

SONORAS – Giovane, Djalma e Honorato

http://2018.cbv.com.br/sonoras/1

SUPERLIGA CIMED MASCULINA 18/19

Sexta rodada do turno

24.10 (QUARTA-FEIRA) – Vôlei Renata (SP) 3 x 0 Sada Cruzeiro (MG), às 19h30, no Taquaral, em Campinas (SP) (25/20, 25/18 e 25/21)

24.11 (SÁBADO) – São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) 3 x 2 Corinthians-Guarulhos (SP), às 17h, no ginásio Cava do Bosque, em Ribeirão Preto (SP) (25/21, 25/23, 21/25, 17/25 e 15/11)

24.11 (SÁBADO) – Vôlei UM Itapetininga (SP) x ESM Taubaté Funvic (SP), às 18h, no ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP) (JOGO ADIADO)

24.11 (SÁBADO) – Sesi-SP 3 x 0 São Judas Voleibol (SP), às 18h, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) (25/21, 25/17 e 25/17)

24.11 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) 3 x 1 Caramuru Vôlei (PR), às 18h, no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR) (21/25, 25/20, 25/21 e 25/22)

24.11 (SÁBADO) – Sesc RJ 3 x 1 Fiat/Minas (MG), às 21h30, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ) (16/25, 25/19, 25/23 e 25/22)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro