Superliga Cimed 2018-2019
Você está em: Home > Notícias > Com duas vitórias

Vôlei Renata vence o São Judas Voleibol e segue invicto


Publicado em: 27/10/2018 21:59
O Vôlei Renata jogou em casa e bateu o São Judas Voleibol (Créditos: Luciano Claudinho/Vôlei Renata)

O Vôlei Renata (SP) segue sem perder na Superliga Cimed masculina de vôlei 2018/2019. Depois de estrear com vitória sobre o atual campeão, Sada Cruzeiro (MG), a equipe de Campinas (SP) garantiu sua segunda vitória na competição neste sábado (27.10) ao bater o São Judas Voleibol (SP) novamente em casa, no ginásio do Taquaral. Com apoio de sua torcida, o grupo comandado pelo técnico Horacio Dileo fez 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/21 e 25/22.

Apesar do resultado negativo do seu time, o ponteiro Willian foi o maior pontuador do jogo, com 11 acertos (10 de ataque e um de saque). Já o central do Vôlei Renata, Michel, foi eleito, por votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), o melhor jogador em quadra e foi premiado com o Troféu VivaVôlei.  

“Temos treinado duro e esse prêmio é uma recompensa. Estou muito feliz. Enfrentamos um time que se montou há pouco tempo, tínhamos poucas informações, mas já deu para ver que vai dar trabalho. A Superliga Cimed é um dos campeonatos mais difíceis do mundo e temos que estar atentos. Hoje jogamos em casa e é sempre muito bom. A torcida nos impulsiona o tempo todo”, comentou Michel.

Mesmo com a derrota, o ponteiro Wilian procurou tirar pontos positivos da primeira partida da história do projeto na Superliga Cimed. 

“A nossa equipe entrou um pouco nervosa por ser uma estreia e sabíamos que era um jogo contra uma equipe forte. Nos sets seguintes conseguimos melhorar, mas ainda temos um longo caminho pela frente e temos tudo para evoluir ao longo do campeonato. Temos uma equipe muito nova, mas sabemos da nossa responsabilidade e vamos fazer de tudo para jogar melhor a cada partida”, destacou Willian.

Em Maringá, no ginásio Chicno Neto, o Sesc RJ conseguiu a vitória em sua primeira partida na edição 18/19 da Superliga Cimed. Desfalcado do técnico Giovane Gávio, que conquistava o título no Campeonato Sul-Americano Sub-21, na Argentina, enquanto a equipe carioca estava em quadra pelo campeonato nacional, o grupo foi dirigido pelo assistente Pedro Uehara e venceu o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) por 3 sets a 1 (25/21, 25/21, 20/25 e 25/14).

O levantador Thiaguinho foi eleito o melhor jogador da partida e foi premiado com o Troféu VivaVôlei. Dois jogadores, um de cada time, Daniel, da equipe da casa, e Djalma, do time carioca, foram os maiores pontuadores, com 12 acertos cada um.

“Foi um jogo difícil. O time de Maringá jogou muito bem, estava bem na recepção. Nós forçamos o saque, mas não estávamos conseguindo causar problemas na recepção deles, mas nosso ataque funcionou bem nos dois primeiros sets. No terceiro, nosso ataque caiu e consequentemente eles venceram porque mantiveram a qualidade do passe. No quarto, mudamos o saque, passamos a sacar flutuado e o set andou mais tranquilo”, analisou Uehara.

Em mais um jogo disputado neste sábado, o Fiat/Minas (MG) também venceu fora de casa. A equipe, que teve o mesmo desfalque do treinador, Nery Tambeiro, assistente de Giovane no Sul-Americano Sub-21, foi comandada pelo assistente Guilherme Novaes, e venceu o Corinthians-Guarulhos (SP), no ginásio da Ponte Grande, em Guarulhos (SP), por 3 a 1, de virada: 22/25, 25/17, 27/25 e 25/13.

O Fiat/Minas teve dois destaques: o levantador Marlon, dono do Troféu VivaVôlei, e o oposto Davy, maior pontuador da partida, com 18 pontos (16 de ataque e dois de saque). “Foi uma boa partida. A partir do segundo set equilibramos a linha de passe, que no primeiro set havia sido falha, e nossa virada de bola começou a funcionar melhor. Pressionamos eles no saque e sistema defensivo, a nossa equipe cresceu muito. No último set só precisamos administrar a vantagem”, avaliou Davy.

E, no último jogo da noite, mais um visitante levou a melhor. O EMS Taubaté Funvic (SP) levou a melhor sobre o Caramuru Vôlei (PR) na Arena Multiuso, em Ponta Grossa (PR) ao vencer por 3 sets a 0 (25/16, 25/19 e 25/20). O central Lucão foi o maior pontuador, com 14 acertos (10 de ataque, um de saque e três de bloqueio) e, também foi o melhor jogador da partida, sendo premiado com o Troféu VivaVôlei.

“Foi um bom jogo, onde conseguimos controlar o jogo inteiro. A equipe toda fez uma boa partida, muito equilibrada, principalmente nos dois primeiros sets, quando conseguimos eliminar o time deles na parte defensiva, no bloqueio e contra-ataque e essa foi a tônica do jogo. Nosso bloqueio funcionou muito bem. Conseguimos neutralizar o ataque deles e fizemos uma partida bastante regular”, concluiu o central campeão olímpico.

SONORAS - Pedro Uehara e Lucão

http://2018.cbv.com.br/sonoras/1

SUPERLIGA CIMED MASCULINA 18/19

Primeira rodada do turno

26.10 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei UM Itapetininga (SP) 0 x 3 Sada Cruzeiro (MG), às 20h, no ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP) (23/25, 17/25 e 24/26)

26.10 (SEXTA-FEIRA) – São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão (SP) 2 x 3 Sesi-SP, às 21h, na Cava do Bosque, em Ribeirão Preto (SP) (26/24, 25/15, 17/25, 20/25 e 12/15)

27.10 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) 1 x 3 Sesc RJ, às 18h, no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR) (21/25, 21/25, 25/20 e 14/25)

27.10 (SÁBADO) – Vôlei Renata (SP) 3 x 0 São Judas Voleibol (SP), às 18h, no Taquaral, em Campinas (SP) (25/15, 25/21 e 25/22)

27.10 (SÁBADO) – Corinthians-Guarulhos (SP) 1 x 3 Fiat/Minas (MG), às 18h, no ginásio da Ponte Grande, em Guarulhos (SP) (25/22, 17/25, 25/27 e 13/25)

27.10 (SÁBADO) – Caramuru Vôlei (PR) 0 x 3 EMS Taubaté Funvic (SP), às 20h, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa (PR) (16/25, 19/25 3 20/25)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro