Sada Cruzeiro vira a série melhor de cinco jogos e está na final

Publicado em: 21/04/2018 01:23
Jogadores do Sada Cruzeiro comemoram ponto na vitória desta sexta-feira (Créditos: Renato Araújo/Sada Cruzeiro)

Foram cinco jogos, muita disputa e vontade dos dois lados. Nesta sexta-feira (20.04), deu Sada Cruzeiro (MG). O time mineiro é o segundo finalista da Superliga Cimed masculina de vôlei 17/18. A equipe jogou em casa, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG), e levou a melhor sobre o EMS Taubaté Funvic (SP) por 3 sets a 1, de virada, assim como aconteceu na série melhor de cinco jogos pela semifinal. Depois de ser derrotado nos dois primeiros jogos, os cruzeirenses venceram os três seguintes – nesta noite por 16/25, 25/20, 25/18 e 25/20.

No primeiro confronto da série, na casa do adversário, Taubaté venceu por 3 sets a 1. Depois, diante de sua torcida, por 3 a 0. Nas duas partidas seguintes, só deu Sada Cruzeiro: 3 sets a 0. E, na noite desta sexta-feira, no duelo decisivo, o time mineiro contou com noite inspirada dos centrais e garantiu a vaga na final, onde já estava o Sesi-SP, que passou pelo Sesc RJ por 3 jogos a 0.

O central Isac recebeu o maior número de votos no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e faturou o Troféu VivaVôlei Cimed. “Conseguimos mostrar a força do Sada Cruzeiro. Primeiro pensamos no nosso time, já que os dois primeiros jogos não jogamos bem, depois colocamos a cabeça no lugar, vimos os nossos erros e hoje o saque entrou muito bem. Agora é descansar, baixar a adrenalina, e focar na final. A equipe está de parabéns”, disse Isac.

O também central Simon foi outro destaque da partida que deu a vaga ao Sada Cruzeiro, sendo o maior pontuador do duelo, com 18 acertos – sendo 11 de ataque, dois de saque e cinco marcados no bloqueio.

Após a partida, o ponteiro Leal, um dos principais ídolos da torcida cruzeirenses, anunciou a torcida que está deixando o Sada Cruzeiro após o fim desta temporada. Emocionado, o jogador comentou sobre o momento e sua última participação no ginásio do Riacho, já que a final será disputada em outro local.

“Emoção por ser meu ultimo jogo no Riacho. A torcida merecia que eu avisasse do meu destino na próxima temporada. A torcida merece a minha sinceridade depois de seis anos de muitas vitórias. Ainda temos dois jogos pela frente e eu quero ser campeão”, afirmou Leal, que ainda falou sobre o confronto contra o EMS Taubaté Funvic. “Foi uma série muito boa. Dois times montados para ganhar a competição. Começamos atrás e com força e união conseguimos virar a série”.

Outro momento de emoção após a partida ficou por conta da despedida do ponteiro Dante. O jogador do EMS Taubaté Funvic, que já havia anunciado a aposentadoria nesta temporada viveu seus últimos momentos em quadra nesta noite.

“Chegou a hora. Queria agradecer a todo mundo, jogadores, técnicos, só tenho agradecimento a por todos pelo suporte. Neste momento começa a passar algum filme na cabeça, todas as conquistas que tive, as derrotas, onde crescemos muito, me lembro saindo de Itumbiara, indo pra Goiânia começar a carreira. Parece que foi ontem. É inacreditável como o tempo passa rápido. Agora estou aqui encerrando minha carreira. Espero ter deixando algum legado, especialmente para as crianças”, disse Dante.

O JOGO

Simon abriu o placar. Com o central no saque, o Sada Cruzeiro ainda abriu 3/0. No ponto de saque de Uriarte, o time da casa fez 5/1. Filipe pontuou e colocou o time mineiro com o dobro de pontos em 8/4. Com Wallace, a diferença no placar caiu para um ponto em 7/8 e, no lance seguinte, no bloqueio, o time visitante empatou (8/8). Marcelo Mendez pediu tempo. No ace de Otávio, o EMS Taubaté Funvic assumiu o comando do placar em 10/9. A equipe paulista chegou a 13/10 e o técnico do Sada pediu tempo. O placar ainda foi 15/12. A vantagem aumentou para 18/13 no bloqueio do levantador Ivovic e, no lance seguinte, 19/13. O set ainda foi a 21/14. No ponto de saque de Otávio, 23/15. No bloqueio de Solé, o time paulista fechou em 25/16.

O segundo set começou equilibrado, com as equipes empatadas em 3/3. No bloqueio de Simon, o Sada Cruzeiro fez 7/6. Leal marcou 8/6. Com Dante, 8/8. Empate novamente em 10/10 e 12/12. Com Uriarte atacando uma bola de segunda, o Sada Cruzeiro abriu dois de vantagem em 15/13. O EMS Taubaté Funvic chegou ao ponto de empate em 15/15. No bloqueio, o time da casa voltou a abrir dois de vantagem (18/16), forçando Castellani a pedir tempo. Com Isac pontuando bem, o Sada Cruzeiro marcou 20/17. No bloqueio de Ivovic, o time de Taubaté encostou em 19/20. No bom saque de Éder Levi, que havia acabado de entrar, o time mineiro marcou 22/19. Castellani pediu tempo. No final, vitória do Sada Cruzeiro por 25/20.

Simon marcou o primeiro ponto para o Sada Cruzeiro. O time da casa seguiu melhor e, com Uriarte bem no saque, fez 5/1. Daniel Castellani pediu tempo. Com Isac, a equipe mineira marcou 7/3. Com Ivovic, o EMS Taubaté Funvic marcou 4/8. No bloqueio de Otávio, o time visitante marcou 6/9. No bloqueio de Leal, o Sada Cruzeiro chegou a 11/6 e o treinador da casa pediu tempo. Em boa passagem de Otávio no saque, o EMS Taubaté Funvic marcou 9/11. No ponto de saque de Simon, 14/9. No contra-ataque de Leal, o Sada Cruzeiro chegou 17/11. No ace de Solé, o time paulista marcou 15/18. Com outro bloqueio, desta vez de Simon, o time da casa fez 20/15. Com Wallace, o time taubateano marcou 17/21. No bloqueio de Uriarte, 25/18.

O quarto set também começou com equilíbrio, com as equipes empatadas em 4/4. No bloqueio de Rapha, o EMS Taubaté Funvic chegou ao ponto de empate mais uma vez em 6/6. Com Filipe, o Sada Cruzeiro chegou a 10/8. No bloqueio, o time visitante chegou ao ponto de empate em 11/11. A equipe mineira teve dois de vantagem em 16/14. O placar foi a 17/14 e Castellani parou o jogo com pedido de tempo. O EMS Taubaté Funvic encostou no placar em 16/17 e chegou ao ponto de empate em 17/17. No erro do adversário, o Sada Cruzeiro abriu dois: 19/17. Com Leal, os donos da casa marcaram 20/17. Castellani pediu tempo. Novamente com o ponteiro, o time mineiro fez 21/18. O time da casa fez 22/20. No saque de Uriarte, 23/20. No final, 25/20.

EQUIPES

SADA CRUZEIRO – Uriarte, Evandro, Simon, Isac, Leal e Filipe. Líbero – Serginho

Entraram – Alemão, Fernando, Rodriguinho, Éder Levi

Técnico: Marcelo Mendez

EMS TAUBATÉ FUNVIC – Raphael, Wallace, Solé, Otávio, Dante e Ivovic. Líbero – Thales

Entraram – Renan, Matheus, Madaloz

Técnico: Daniel Castellani

SUPERLIGA CIMED MASCULINA 2017/2018

Semifinal

Primeira rodada

07.04 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro (MG) 1 x 3 EMS Taubaté Funvic (SP), às 17h, no ginásio  do Riacho, em Contagem (MG) (25/23, 22/25, 17/25 e 27/29)

 07.04 (SÁBADO) – Sesi-SP 3 x 2 Sesc RJ, às 21h30, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) (25/20, 30/32, 22/25, 25/19 e 15/11)

Segunda rodada

10.04 (TERÇA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) 3 x 0 Sada Cruzeiro (MG), às 19h, no Abaeté, em Taubaté (SP) (25/21, 25/22 e 25/23)

10.04 (TERÇA-FEIRA) – Sesc RJ 0 x 3 Sesi-SP, às 21h30, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ) (27/29, 22/25 e 24/26)

Terceira rodada

13.04 (SEXTA-FEIRA) – Sada Cruzeiro (MG) 3 x 0 EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30, no Riacho, em Contagem (MG) (25/20, 25/19 e 25/17)

14.04 (SÁBADO) – Sesc RJ 0 x 3 Sesi-SP, às 15h, na Arena Carioca I, no Rio de Janeiro (RJ) (22/25, 23/25 e 23/25)

Quarta rodada

17.04 (TERÇA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) 0 x 3 Sada Cruzeiro (MG), às 19h, no Abaeté, em Taubaté (SP) (23/25, 25/27 e 20/25)

Quinta rodada 

20.04 (SEXTA-FEIRA) – Sada Cruzeiro (MG) 3 x 1 EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30, no Riacho, em Contagem (MG) (16/25, 25/20, 25/18 e 25/20)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro