CBV - Vôlei Nestlé dá primeiro passo nas quartas de final Superliga 2017-2018 

Vôlei Nestlé dá primeiro passo nas quartas de final

Publicado em: 11/03/2018 14:01
Tandara enfrenta o bloqueio do Hinode Barueri (Créditos: João Pires/Fotojump)

Se uma série de playoff entre o quarto e o quinto colocados é considerada a mais equilibrada, a expectativa se confirmou na tarde deste domingo (11.03), quando Vôlei Nestlé (SP) e Hinode Barueri (SP) se enfrentaram no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), na primeira rodada das quartas de final da Superliga Cimed feminina de vôlei 2017/2018. Após parciais muito equilibradas, o time de Osasco levou a melhor e venceu por 3 sets a 1 (25/23, 28/30, 28/26 e 25/17).

A oposto do Vôlei Nestlé, Tandara, sempre muito querida pela torcida de Osasco, foi a mais votada no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e recebeu o Troféu VivaVôlei Cimed. Logo após ser premiada, a atacante falou sobre a atuação do seu time.

“Hoje senti um pouco mais o calor, mas temos que lidar com tudo que vai acontecer durante o jogo. A vitória veio, abrimos 1 a 0 na série, mas não acabou. Sabemos que na casa deles vai ser muito difícil e temos que entrar muito ainda concentrados. Esse é um jogo muito difícil, como todas as séries. Os quatro confrontos estão bem equilibrados e vamos brigar para estar na semifinal”, afirmou Tandara.

Pelo Hinode Barueri, a experiente ponteira Erika teve a função de substituir Jaqueline, que, com uma inflamação no ombro, não esteve à disposição do técnico José Roberto Guimarães. Após a partida, a jogadora

“Estudamos e treinamos muito durante a semana e tínhamos uma missão muito difícil contra uma equipe acostumada a jogar decisões. Tivemos momentos de fechar e acabamos falhando. Eu mesma estou substituindo uma bicampeã olímpica, que é a Jaqueline, sabemos que é preciso jogar muito mais quando falta alguém. Agora é continuar treinando, levantar a cabeça e colocar a pressão no time delas, dentro da nossa casa, diante da nossa torcida. Infelizmente, hoje não foi nosso dia, mas tivemos pontos positivos que temos que usar para o próximo jogo”, concluiu Erika.

Na segunda rodada do playoff pelas quartas de final, as equipes se enfrentarão em Barueri (SP), no ginásio José Correa, no próximo sábado (17.03), às 17h. A partida terá transmissão do SporTV e pode definir o semifinalista em caso de mais uma vitória do Vôlei Nestlé.

O JOGO

O Vôlei Nestlé saiu na frente e, em boa passagem de Skowronska pelo saque, o Hinode Barueri virou o jogo e ainda fez 5/2. Neste momento, Luizomar de Moura pediu tempo. Na volta, mais um bom saque da jogadora polonesa e 6/2. No bom saque de Suelle, o time visitante abriu 8/3. Mesmo na frente, quando o Vôlei Nestlé fez 7/11, depois de três em sequência do adversário, José Roberto Guimarães pediu tempo. Com Lorenne duas vezes, uma no ataque e outra no bloqueio, o time da casa aproximou e fez 11/13. O Hinode Barueri voltou a abrir, marcou 16/11 com Thaisa, e Luizomar parou o jogo. Contando com erros do adversário, o time de Osasco reagiu e reduziu para dois a diferença no marcador: 16/18. No bloqueio, o Nestlé ainda encostou em 17/18. No bloqueio de Leyva, tudo igual em Osasco (19/19). Com erro do adversário, o Vôlei Nestlé assumiu o comando do placar em 20/19. No bloqueio simples de Erika, o Hinode marcou 23/22 e Tandara fez 23/23. E com saque de Bia e na bola de segunda de Fabiola, o Vôlei Nestlé fechou em 25/23.

Mais uma vez o Vôlei Nestlé saiu na frente e, no ace de Thaisa, o Hinode Barueri fez 2/1. No bloqueio, o time da casa reassumiu o comando do set, fazendo 3/2. No bom saque de Leyva, o placar foi a 6/3, e Zé Roberto pediu tempo. No erro de saque do adversário, o Vôlei Nestlé colocou o dobro de pontos em 10/5. Com Skowronska pontuando bem, o Hinode fez 8/10 e Luizomar de Moura parou o jogo. Thaisa bloqueou e fez 9/10. No bloqueio de Suelle, o time visitante empatou (11/11). Erika colocou um de vantagem para o Hinode Barueri: 17/16. E no bloqueio de Lloyd, 18/16. Com Tandara três vezes, o Nestlé passou a frente em 19/18. Assim como no set anterior, a reta final do set foi bastante disputada. O Vôlei Nestlé teve um de vantagem em 24/23, quando Luizomar pediu tempo. O Hinode Barueri virou para 25/24. No ponto de saque de Leyva, o time da casa fez 26/25. Set igual em 27/27. A parcial seguiu extremamente disputado até Thaisa fechar para o Hinode Barueri: 30/28.

O Vôlei Nestlé abriu 3/0 logo no começo do terceiro set. Bem no bloqueio, o Hinode Barueri chegou ao ponto de empate em 3/3 e virou o jogo fazendo 4/3. A parcial seguiu bem disputada com as duas equipes empatando em 8/8. Luizomar de Moura pediu tempo quando viu o adversário abrir dois pontos de vantagem: 11/9. Com Bia bem no saque, o Vôlei Nestlé empatou (11/11). No erro do time visitante, as donas da casa viraram para 12/11. Com as equipes alternando no comando do placar, o Hinode fez 15/14. No bloqueio de Tandara, o Nestlé marcou 17/15. No erro do adversário, o time de Osasco abriu três pontos em 20/17, forçando Zé Roberto a pedir tempo. No bloqueio de Thaisa, o grupo de Barueri encostou em 20/21 e foi a vez de Luizomar parar o jogo. Na volta, dois bons saques de Lloyd e o Hinode virou o jogo: 22/21. Tudo igual em 23/23 e 25/25. No final, no erro do adversário, o Vôlei Nestlé fechou em 28/26.

O time da casa começou melhor também no quarto set, abrindo 3/1. O Hinode empatou em 3/3 e no ace de Thaisa, 4/3. Quando o Vôlei Nestlé abriu três de vantagem (8/5), Zé Roberto pediu tempo para orientar sua equipe. A diferença no placar aumentou ainda mais em 12/6, quando o treinador do Hinode Barueri gastou seu segundo pedido de tempo. Com Suelle explorando o bloqueio adversário, o time visitante marcou 10/15. A vantagem aumentou ainda mais em 17/10. Barueri fez dois pontos seguidos (13/18) e Luizomar pediu tempo. Diferente dos sets anteriores, o Vôlei Nestlé teve mais facilidade e, com Mari Paraíba, marcou 22/14.

EQUIPES

VÔLEI NESTLÉ – Fabiola, Tandara, Bia, Ninkovic, Mari Paraíba e Leyva. Líbero – Tássia

Entraram – Lorenne, Carol Albuquerque, Kika

Técnico: Luizomar de Moura

HINODE BARUERI – Lloyd, Skowronska, Thaisa, Francyne, Suelle e Erika. Líbero: Natinha

Entraram – Ednara, Sara, Ana Cristina, Dani Terra, Naiane

Técnico: José Roberto Guimarães

SUPERLIGA CIMED FEMININA 2017/2018

Quartas de final

Primeira rodada

09.03 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Bauru (SP) 1 x 3 Dentil/Praia Clube (MG), às 19h, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP) (25/27, 25/21, 15/25 e 20/25)

09.03 (SEXTA-FEIRA) – Pinheiros (SP) 2 x 3 Sesc RJ, às 21h30, no Henrique Villaboin, em São Paulo (SP) (19/25, 25/21, 18/25, 25/22 e 18/20)

10.03 (SÁBADO) – Fluminense (RJ) 0 x 3 Camponesa/Minas (MG), às 10h30, na Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) (19/25, 23/25 e 21/25)

11.03 (DOMINGO) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 1 Hinode Barueri (SP), às 10h30, no José Liberatti, em Osasco (SP) (25/23, 28/30, 28/26 e 25/17)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro