Superliga 2019-2020
Você está em: Home > Notícias > No site da CBV!

Competição passa a contar com transmissões via web oficiais


Publicado em: 01/03/2018 18:16
Ginásio José Correa vai ser palco da primeira transmissão do Canal Vôlei Brasil (Créditos: Gaspar Nobrega/Inovafoto)

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) anunciou, nesta quinta-feira (01.03), a criação do Canal Vôlei Brasil, que será hospedado no site oficial da entidade. Em parceria com a NSports, a CBV irá disponibilizar a transmissão via web, a princípio, de 60 jogos da Superliga Cimed masculina e feminina 2017/2018 e também da temporada 18/19. A estreia do canal será já nesta sexta-feira (02.03) com a partida entre Hinode Barueri (SP) e Dentil/Praia Clube (MG), às 21h30, no ginásio José Correa, em Barueri (SP).

Dentro dos jogos contemplados para esta reta final de temporada, a Superliga Cimed feminina terá somente um jogo no Canal Vôlei Brasil, já que as TVs parceiras cobrirão 100% dos jogos a partir da fase de playoffs.

A iniciativa da CBV foi devido à baixa procura dos clubes da Superliga Cimed por viabilizarem as transmissões online. Antes do início da temporada, a entidade passou essa premissa aos participantes e, no entanto, apenas Minas Tênis Clube (MG), Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) e Sesc RJ se valeram deste direito.

Atento a isto, o diretor executivo da CBV, Radamés Lattari, buscou viabilizar as transmissões online. “A CBV deu liberdade a todos os clubes de fazerem as transmissões, conforme reivindicação deles próprios. Ao notarmos que existia uma dificuldade, buscamos viabilizar, através de uma parceria, uma forma de transmitir os jogos, dando, assim, visibilidade ao vôlei e aos nossos torcedores a chance de ver o maior número de jogos possível”, disse Radamés Lattari.

O diretor da NSports, Guilherme Figueiredo, também destacou a criação do canal. “Estudamos vários modelos de canais OTT no mundo para montar a TV NSports, com o objetivo de democratizar as transmissões ao vivo e gerar conteúdo de qualidade para os fãs do esporte. Para nós é uma enorme honra trabalhar com a CBV na criação do Canal Vôlei Brasil e poder levar mais jogos da Superliga, a melhor liga de vôlei do mundo, a apaixonados pelo vôlei em todo o Brasil”, disse Guilherme Figueiredo.

A rodada de estreia das transmissões via web oficiais será a última da fase classificatória da Superliga Cimed feminina, quando todos os jogos serão realizados ao mesmo tempo, às 21h30, e quando o duelo entre Sesc RJ e Vôlei Nestlé (SP) ainda será exibido pelo SporTV.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro