CBV - Em Gramado, EMS Taubaté Funvic supera Lebes Canoas Superliga 2017-2018 

Em Gramado, EMS Taubaté Funvic supera Lebes Canoas

Publicado em: 03/02/2018 23:41
Jogadores do EMS Taubaté Funvic comemoram ponto na vitória sobre o Lebes Canoas (Créditos: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic)

O EMS Taubaté Funvic (SP) levou a melhor sobre o Lebes Canoas (RS) em partida válida pela quarta rodada do returno da Superliga Cimed masculina de vôlei 2017/2018, que aconteceu no ginásio Perinão, na primeira vez que um jogo da principal competição do calendário nacional do vôlei foi realizado na cidade de Gramado, na Serra Gaúcha. Fora de casa, a equipe taubateana venceu por 3 sets a 2, com parciais de 25/27, 25/19, 25/23, 22/25 e 15/11, em 2h30 de jogo.

Com a vitória, o EMS Taubaté Funvic chegou a 33 pontos e segue na quarta posição na tabela de classificação da Superliga Cimed. Para chegar ao resultado positivo, o time taubateano contou com boa atuação do central Otávio, eleito, por votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), o melhor do jogo. Já premiado com o Troféu VivaVôlei Cimed, o jogador falou sobre a partida.

“O Lebes Canoas fez uma partida excepcional e valorizou demais nossa vitória. Nós acabamos não jogando tão bem, por isso encontramos muita dificuldade. Já no tie break nosso time cresceu, mostrou força de decisão e assim nosso jogo fluiu melhor”, comentou o jogador do EMS Taubaté Funvic e da seleção brasileira.

Além do Troféu VivaVôlei Cimed, o clube sediante, Lebes Canoas, em parceria com a cidade de Gramado, que recebeu o evento, ofereceu ao time vencedor o Troféu Cristais de Gramado, feito com o molde das mãos dos campeões olímpicos Gustavo Endres, supervisor do time gaúcho, e Dante, ponteiro da equipe taubateana. O prêmio foi recebido pelo capitão Raphael, que fez questão de elogiar a iniciativa do Lebes Canoas.

“Foi um evento sensacional como um todo. O público compareceu, nos deu muito carinho, e poder ver ali no ginásio tantos fãs do voleibol que nem sempre têm acesso a um jogo foi muito gratificante. Fiquei muito feliz e torço para que mais iniciativas assim possam acontecer na nossa Superliga”, disse o levantador Rapha.

Na quinta rodada do returno, o Lebes Canoas já enfrentou o Sada Cruzeiro (MG) em jogo antecipado. No dia 31 de janeiro, a equipe gaúcha acabou superada por 3 sets a 0. O EMS Taubaté Funvic jogará mais uma vez fora de casa, contra o JF Vôlei (MG) na próxima quinta-feira (08.02), às 19h30.

O JOGO

No contra-ataque, Abouba abriu o placar da partida para o Lebes Canoas. No ponto de saque de Ivovic, o EMS Taubaté Funvic chegou ao ponto de empate em 3/3. O set seguiu disputado ponto a ponto, com as equipes empatando em 7/7. Contando com erros do adversário, o time gaúcho abriu vantagem em 11/8. Em ponto de saque de Rodrigo, o Lebes Canoas chegou a 14/10 e Daniel Castellani pediu tempo. Na volta, mais um ponto de saque de Rodrigo. Com dois pontos seguidos de Wallace, o EMS Taubaté Funvic reagiu, fez 13/16, e foi a vez de Marcel Matz pedir tempo. O time da casa voltou a abrir vantagem (19/14) e Castellani parou o jogo de novo. Em boa passagem de Raphael pelo saque, a equipe taubateana aproximou no placar: 18/20. Marcel pediu jogo e na volta, ainda com Rapha no saque, o EMS Taubaté Funvic empatou (20/20). O jogo seguiu igual em 23/23. No bloqueio, o Lebes Canoas fez 25/24. Com Abouba, o time da casa fechou o primeiro set em 27/25.

Com ponto de saque de Ivovic, o EMS Taubaté Funvic abriu 3/1. Contando com erros do adversário, o Lebes Canoas encostou em 5/6. O set esteve igual em 8/8. O time da casa passou a frente e, no bloqueio de Matheus, fez 12/10, forçando Castellani a pedir tempo. No bloqueio de Solé, Taubaté empatou em 13/13. E, em boa passagem de Otávio pelo saque, 14/13. A parcial esteve empatada em 15/15. O time visitante teve um de vantagem em 18/17 e, com Michel, o Lebes Canoas deixou tudo igual (18/18). Com dois bloqueios seguidos, o EMS Taubaté Funvic chegou a 20/18. Neste momento, Marcel Matz parou o jogo com pedido de tempo. Na volta, mais um ponto de bloqueio e, novamente em boa passagem de Raphael pelo saque a equipe taubateana, abriu vantagem (22/18). No ponto de saque de Ivovic, o EMS Taubaté Funvic fechou em 25/19.

No ace de Solé, o time visitante chegou a 4/1 logo no começo do terceiro set. Marcel Matz pediu tempo. Com Dante na entrada de redes, o EMS Taubaté Funvic marcou 8/5. No ponto de bloqueio de Pedro, o Lebes Canoas chegou ao ponto de empate. No ataque de Michel, os donos da casa fizeram 10/9. Com Wallace, Taubaté reassumiu o comando do marcador (11/10). Novamente com Wallace, o placar foi a três de vantagem: 14/11. Com Rapha bem no saque, assim como nos sets anteriores, o EMS Taubaté Funvic marcou 17/11. O Lebes Canoas reagiu e reduziu a diferença no placar para 15/18. Castellani pediu tempo. Com Dante, o grupo paulista marcou 21/16. O Lebes Canoas passou a pontuar mais e encostou em 20/21. O set esteve bastante equilibrado na reta final, com 24/23. No final, no erro do adversário, o EMS Taubaté fez 25/23.

O Lebes Canoas voltou embalado para o quarto set e, com dois pontos de saque seguidos de Abouba, abriu 5/1. Neste momento, Daniel Castellani pediu tempo. Na volta, mais um ace do oposto: 6/1. Os donos da casa ainda tiveram uma boa vantagem em 9/3. Com Michel pelo meio de rede, o Lebes Canoas marcou 11/5. O EMS Taubaté diminuiu a distância em 9/13. Com Wallace, a equipe paulista aproximou em 12/14. No bloqueio de Solé, Taubaté encostou em 14/15. No ponto de saque de Pedro, o time de Canoas fez 17/14. Os visitantes voltaram a encostar em 16/17 e os donos da casa abriram de novo em 19/16. No ace de Rapha, o EMS Taubaté Funvic encostou em 19/20. No bloqueio de Matheus, o Lebes Canoas fez 23/20. No final, o time da casa fechou em 25/22.

Otávio abriu o set decisivo com ponto de bloqueio. Com mais um bloqueio do central, o EMS Taubaté Funvic marcou 3/1. O Lebes Canoas buscou e empatou em 3/3. Quando o adversário chegou a 5/3, Marcel Matz pediu tempo. Com o bloqueio funcionando bem, os visitantes colocaram o dobro de pontos em 6/3. Com Solé, 8/4. O grupo de Canos reduziu a diferença no marcador, fazendo 6/8. Solé pontuou mais uma vez, Taubaté marcou 9/6, e Matz pediu tempo. Com Wallace, 12/8. Bem no bloqueio, o EMS Taubaté Funvic fechou o quinto set em 15/11.

Outros resultados desta noite

O Sesi-SP esteve em Juiz de Fora (MG) nesta quarta rodada do returno e levou a melhor sobre o JF Vôlei (MG) por 3 sets a 1 (25/16, 25/16, 23/25 e 25/17). A equipe da Vila Leopoldina contou com destaque do oposto Alan. O atacante teve boa atuação e foi eleito, pela comissão técnica do seu time, o melhor da partida, sendo premiado com o Troféu VivaVôlei Cimed.

Em casa, com apoio de sua fanática torcida, o Sada Cruzeiro (MG) bateu o Ponta Grossa Caramuru (PR). Uma semana após conquistar o título da Copa Brasil, o time cruzeirense venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 31/29 e 25/23. O oposto Evandro viveu noite inspirada, sendo o maior pontuador da partida, com 19 acertos (13 de ataque, 1 de saque e cinco de bloqueio), e também dono do Troféu VivaVôlei Cimed, de melhor em quadra.

Com grande atuação do oposto Renan, o Sesc RJ bateu o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) por 3 sets a 0 (25/17, 25/19 e 25/20). A equipe carioca teve no atacante o grande nome da partida. Renan foi quem mais pontuou no jogo, marcando 17 vezes, sendo 14 de ataque, dois de saque e um de bloqueio, e ainda recebeu o Troféu VivaVôlei Cimed após ser eleito o melhor da partida.

Depois de muito equilíbrio, o Montes Claros Vôlei (MG) conseguiu o resultado positivo sobre o Corinthians-Guarulhos (SP) por 3 sets a 2, com parciais de 25/23, 24/26, 21/25, 26/24 e 15/13. O ponteiro argentino Lisandro Zanotti teve grande desempenho e saiu de quadra como maior pontuador, com 23 acertos – 20 de ataque, 1 de saque e dois de bloqueio – e também como o premiado com o Troféu VivaVôlei Cimed, de melhor jogador da partida.

EQUIPES

LEBES CANOAS – Pedro, Abouba, Matheus, Michel, Rodrigo e Eduardo. Líbero – Pallotti

Entraram – Rodrigues, Leandrão, França

Técnico: Marcel Matz

EMS TAUBATÉ FUNVIC – Raphael, Wallace, Solé, Otávio, Ivovic e Dante. Líbero – Thales

Entraram – Paulo Renan, Renan, Madaloz

Técnico: Daniel Castellani

SUPERLIGA CIMED MASCULINA 17/18

Quarta rodada do returno

02.02 (SEXTA-FEIRA) – Minas Tênis Clube (MG) 3 x 0 Vôlei Renata (SP), às 18h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (29/27, 25/22 e 25/17)

03.02 (SÁBADO) – JF Vôlei (MG) 1 x 3 Sesi-SP, às 18h, no ginásio da UFJF, em Juiz de Fora (MG) (16/25, 16/25, 25/23 e 17/25)

03.02 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro (MG) 3 x 0 Ponta Grossa Caramuru (PR), às 19h, no ginásio do Riacho, em Belo Horizonte (MG) (25/16, 31/29 e 25/23)

03.02 (SÁBADO) – Montes Claros Vôlei (MG) 3 x 2 Corinthians-Guarulhos (SP), às 19h, no Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) (25/23, 24/26, 21/25, 26/24 e 15/13)

03.02 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) 0 x 3 Sesc RJ, às 19h, no Chico Neto, em Maringá (PR) (17/25, 19/25 e 20/25)

03.02 (SÁBADO) – Lebes Canoas (RS) 2 x 3 EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30, no ginásio Perinão, em Gramado (RS) (27/25, 19/25, 23/25, 25/22 e 11/15)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro