Vôlei Bauru começa ano com vitória sobre o BRB/Brasília Vôlei

Publicado em: 09/01/2018 22:10
Vôlei Bauru comemora ponto contra o BRB/Brasília Vôlei (Créditos: Neide Carlos/Vôlei Bauru )

O Vôlei Bauru (SP) começou 2018 com vitória na Superliga feminina de vôlei 17/18. A equipe bauruense venceu, nesta terça-feira (09.01), o BRB/Brasília Vôlei (DF) por 3 sets a 1 (25/15, 25/17, 26/28 e 29/27), no Panela de Pressão, em Bauru (SP). A partida foi válida pela terceira rodada do returno da competição.

O resultado colocou o Vôlei Bauru em sétimo lugar na classificação geral, com 21 pontos (cinco vitórias e nove derrotas). O BRB/Brasília Vôlei aparece em décimo lugar, com 10 pontos (quatro resultados positivos e dez negativos). O Dentil/Praia Clube (MG) está na liderança da competição, com 39 pontos.

A oposta Tiffany, do Vôlei Bauru, se destacou, foi eleita a melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED. A atacante ainda foi a maior pontuadora do confronto, com 24 acertos.

O treinador do Vôlei Bauru, Fernando Bonatto, analisou a atuação do time bauruense contra o BRB/Brasília Vôlei.

.“O Brasília veio com duas formações no primeiro e segundo sets que favoreceram nosso esquema tático. Mas, a partir do terceiro set, houve mudança tática e elas arriscaram tudo no saque. Daí tivemos de tentar equilibrar o jogo novamente e perdemos agressividade no ataque em função do saque adversário. No entanto, o mais importante é que fizemos três pontos”, disse Fernando Bonatto.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima sexta-feira (12.01). O Vôlei Bauru jogará com o Sesi-SP, às 18h30, no Panela de Pressão, em Bauru (SP). O Já o BRB/Brasília Vôlei lutará pela reabilitação contra o Camponesa/Minas, às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).

Outros jogos

Com boa atuação da levantadora Roberta, que ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED, o Sesc RJ conseguiu mais um resultado positivo na Superliga feminina 17/18. A equipe do treinador Bernardinho superou o Renata Valinhos/Country (SP) por 3 sets a 0 (25/15, 25/19 e 25/12), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro.

O Camponesa/Minas (MG) teve boa atuação diante da sua torcida e começou 2018 com resultado positivo. O time mineiro venceu o Fluminense (RJ) por 3 sets a 0 (25/23, 25/17 e 25/13), na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG). A central Mara se destacou e ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED.

O Vôlei Nestlé (SP) venceu pela terceira rodada do returno de virada. A equipe de Osasco passou pelo São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) por 3 sets a 1 (22/25, 25/23, 25/18 e 25/18), no José Liberatti. A levantadora Carol Albuquerque brilhou e ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED.

O Hinode Barueri (SP) contou com o apoio da torcida e levou a melhor pela terceira rodada do returno da Superliga 17/18. A equipe do treinador José Roberto Guimarães superou o Sesi SP por 3 sets a 0 (25/17, 27/25 e 25/7), no José Correa, em Barueri. A levantadora Naiane foi eleita a melhor da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED. 

O JOGO

 O Vôlei Bauru começou melhor e fez os quatro primeiros pontos da parcial. Quando o placar estava 8/3 para as donas da casa, o treinador Sérgio Negrão pediu tempo. Bem no ataque e com volume de jogo, o time de Bauru abriu cinco pontos (16/11). Numa boa sequência de saques da ponteira Palácio, a diferença no placar subiu para nove pontos (20/11). As donas da casa seguiram melhores até o final e venceram o primeiro set por 25/15.

 O Vôlei Bauru seguiu melhor no início do segundo set e fez 9/2. Com Palácio bem no saque e no ataque, o time de Bauru abriu nove pontos (18/9). A oposta Tiffany fez um ponto de contra-ataque e as donas da casa mantiveram a vantagem no placar (20/11). O Vôlei Bauru segurou uma reação do time bauruense e levou a melhor no segundo set por 25/17.

O terceiro set começou equilibrado (8/8). Com um ponto de ataque da ponteira Paquiardi, o BRB/Brasília Vôlei fez 13/12. O time candango cresceu de produção e abriu quatro pontos (19/15). O Vôlei Bauru cresceu de produção e diminuiu a vantagem no placar para dois pontos (20/18). O final da parcial foi extremamente equilibrado e as visitantes fecharam o set por 28/26.

 O quarto set também teve o início marcado pelo equilíbrio. Depois de um longo rally, o Vôlei Bauru abriu três pontos (11/8). Bem no bloqueio, as donas da casa mantiveram a vantagem no placar (13/10). Numa boa sequência de saques da ponteira Paquiardi, o BRB/Brasília Vôlei virou o marcador (15/14). O final da parcial seguiu equilibrado, mas o Vôlei Bauru foi melhor no momento decisivo e venceu o set por 29/27 e o jogo por 3 sets a 1.

 EQUIPES:

 VÔLEI BAURU – Juma, Tiffany, Dayse, Palácio,  Angélica e Andressa. Líbero –  Venegas 
Entraram – Arlene, Ariane, Jú Carrijo, Gabi Cândido, Kamilla 
Técnico – Fernando Bonatto

BRB/BRASÍLIA VÔLEI – Thayna, Malu, Pri Souza, Paquiardi, Aline e Fê Campos Líbero – Jujú Perdigão 
Entraram – Mari Helen, Carol, Vivian, Bia, Letícia 
Técnico – Sérgio Negrão 

SUPERLIGA FEMININA 2017/2018

Terceira rodada do returno  

 09.01 (TERÇA-FEIRA) – Hinode Barueri (SP) 3 x 0 Sesi-SP, às 19h30, no José Correa, em Barueri (SP) (25/17, 27/25 e 25/7)
09.01 (TERÇA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 1 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 19h30, no José Liberatti, em Osasco (SP) (22/25, 25/23, 25/18 e 25/18)
09.01 (TERÇA-FEIRA) – Vôlei Bauru (SP) 3 x 1 BRB/Brasília Vôlei (DF), às 18h30, no Panela de Pressão, em Bauru (SP) – SporTV (25/17, 25/15, 26/28 e 29/27)
09.01 (TERÇA-FEIRA) – Sesc RJ 3 x 0 Renata Valinhos/Country (SP), às 20h30, no Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) (25/15, 25/19 e 25/12)
09.01 (TERÇA-FEIRA) – Camponesa/Minas (MG) 3 x 0 Fluminense (RJ), às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (25/23, 25/17 e 25/13)
23.01 (TERÇA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) x Pinheiros (SP), às 19h30, no Praia Clube, em Uberlândia (MG)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro