São Cristóvão Saúde/São Caetano vence Vôlei Bauru e garante vaga na Copa Brasil

Publicado em: 10/12/2017 15:52
Fernanda Tomé no ataque (Créditos: Neide Carlos/Vôlei Bauru )

O São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) garantiu uma vaga na próxima edição da Copa Brasil. Neste domingo (10.12), o time do ABC Paulista venceu o confronto direto contra o Vôlei Bauru (SP) por 3 sets a 2 (22/25, 25/17, 25/22, 23/25 e 15/13), no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP). A partida foi válida pela 11ª rodada do turno da Superliga feminina de vôlei 17/18.

O resultado colocou o São Cristóvão Saúde/São Caetano em oitavo lugar na classificação final do turno, com 14 pontos (cinco vitórias e seis derrotas). O Vôlei Bauru (SP) aparece na nona colocação, com 13 pontos (três resultados positivos e oito negativos). O Dentil/Praia Clube (MG) é o líder, com 33 pontos.

Ao final do turno da Superliga 17/18, as oito primeiras equipes garantiram vaga na Copa Brasil: Dentil/Praia Clube (MG), Sesc RJ, Vôlei Nestlé (SP), Camponesa/Minas (MG), Fluminense (RJ), Hinode Barueri (SP), Pinheiros (SP) e São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP). A tabela da competição será divulgada, nesta segunda-feira (11.12), pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

No duelo deste domingo brilhou a estrela da ponteira Sonaly, maior pontuadora do duelo, com 23 acertos. A atacante foi eleita a melhor da partida em votação popular no site da CBV e ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED.

Ao final do jogo, o treinador Haírton Cabral comemorou a vitória e classificação do time do ABC Paulista para a Copa Brasil.

“Foi um jogo difícil como estava previsto. A partida foi decidida no tie-break e valeu o espírito de luta das nossas jogadoras. O Vôlei Bauru tem um elenco que possibilita um maior número de trocas e nós conseguimos reverter isso em quadra. Agora é pensar na Copa Brasil e vamos nos preparar da melhor forma possível”, disse Haírton Cabral.

Para o Vôlei Bauru a partida foi marcada pela estreia da oposta/ponteira Tifanny, que disputou a primeira partida na Superliga pelo time bauruense.

As duas equipes voltarão à quadra pela Superliga 17/18 no dia 19/12. O Vôlei Bauru jogará com o Pinheiros (SP), às 19h30, no Panela de Pressão, em Bauru (SP). Já o São Cristóvão Saúde/São Caetano duelará com o Camponesa/Minas (MG), às 20h, no Lauro Gomes, em São Caetano (SP).

 O JOGO

O primeiro set começou equilibrado. O São Cristóvão Saúde/São Caetano começou melhor e abriu três pontos (14/11). A oposta Palácio cresceu de produção e o time bauruense empatou (14/14). Bem no bloqueio, o time do ABC Paulista voltou a abrir no marcador (16/14). As donas da casa fizeram três pontos seguidos e viraram o placar (17/16). Quando a parcial estava 19/17 para as donas da casa, o treinador Fernando Bonatto inverteu o cinco e um. Entraram Tifanny e Jú Carrijo e saíram Juma e Palácio. A oposta Tifanny se destacou no ataque e ajudou o time bauruense a vencer o primeiro set por 25/22.

A segunda parcial começou equilibrada. Com um ataque da ponteira Paula Pequeno, o time bauruense abriu dois pontos (10/8). O volume de jogo das visitantes apareceu e o time do treinador Haírton Cabral virou o marcador e abriu dois pontos (14/12). O time do ABC Paulista seguiu melhor e fez 20/17. O São Cristóvão Saúde/São Caetano foi melhor na parte final do set e venceu a parcial por 25/17.

O São Cristóvão Saúde/São Caetano fez os três primeiros pontos do set. Bem no saque e no bloqueio, a diferença no marcador subiu para quatro pontos (6/2). O Vôlei Bauru cresceu de produção e encostou (6/5). O set ficou disputado ponto a ponto. Quando as visitantes abriram dois pontos (11/9), o treinador Fernando Bonatto pediu tempo. Mesmo com a paralisação, o time do ABC Paulista seguiu melhor e fez 17/13. Numa boa sequência de saques da central Valquíria, o Vôlei Bauru fez três pontos seguidos (17/16). O Vôlei Bauru cresceu de produção e empatou (19/19). O São Cristóvão Saúde/São Caetano foi melhor nos momentos decisivos e venceu o terceiro set por 25/22.

O quarto set começou equilibrado. Numa boa sequência de saques da ponteira Paula Pequeno, o time de Bauru abriu dois pontos (7/5). A central Mimi Sosa passou a bloquear e atacar com eficiência e o time do ABC Paulista voltou a abrir no marcador (9/7). O set ficou equilibrado. Bem no bloqueio, as donas da casa abriram dois (12/10) e o treinador Haírton Cabral pediu tempo. A paralisação fez bem para as visitantes que empataram (12/12). O Vôlei Bauru cresceu de produção no final da parcial e venceu o quarto set por 25/23.

O São Cristóvão Saúde/São Caetano começou melhor o quinto set e fez 5/2. O Vôlei Bauru cresceu de produção e encostou (5/4). A parcial seguiu equilibrada. A ponteira Sonaly era o destaque do time do ABC Paulista e as atacantes Paula Pequeno e Tifanny se destacavam pelas donas da casa. O set foi emocionante até o final, mas o time do ABC Paulista foi melhor nos momentos decisivos e venceu o set por 15/13 o jogo por 3 sets a 2.

 EQUIPES:

Vôlei Bauru – Juma, Palácio, Paula Pequeno, Dayse, Valquíria e Andressa. Líbero – Shara Venegas 
Entraram – Jú Carrijo, Tifanny, Angélica, Ariane, 
Técnico – Fernando Bonatto

São Cristóvão Saúde/São Caetano – Lyara, Sabrina, Fernanda Tomé, Sonaly, Mimi Sosa e Camila Paracatu. Líbero – Andressa
Entraram – Ana Flávia, Kisi, Gabriela 
Técnico – Haírton Cabral

SUPERLIGA FEMININA 2017/2018 – DÉCIMA PRIMEIRA RODADA DO TURNO

08.12 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 1 Hinode Baueri (SP), às 19h15, no Praia Clube, em Uberlândia (MG) – SporTV (21/25, 25/16, 25/17 e 25/15)

10.12 (DOMINGO) – Vôlei Bauru (SP) 2 x 3 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 13h, no Panela de Pressão, em Bauru (SP) – RedeTV (25/22, 17/25, 22/25, 25/23 e 13/15) 

08.12 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 2 x 3 Sesc RJ, às 21h45, no José Liberatti, em Osasco (SP) – SporTV (25/23, 12/25, 25/20, 22/25 e 14/16)

09.12 (SÁBADO) – Fluminense (RJ) 3 x 0 Sesi-SP, às 15h, no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) – RedeTV (25/21, 25/18 e 25/23)

09.12 (SÁBADO) – BRB/Brasília Vôlei (DF) 1 x 3 Pinheiros (SP), às 10h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) – SporTV (21/25, 15/25, 25/21 e 25/27)

05.12 (TERÇA-FEIRA) – Camponesa/Minas (MG) 3 x 0 Renata Valinhos/Country (SP), às 21h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) – SporTV (25/23, 25/19 e 25/13)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro