Superliga 2019-2020
Você está em: Home > Notícias > Com apoio da torcida

Lebes Canoas joga em casa e vence Copel Telecom Maringá Vôlei


Publicado em: 20/11/2017 19:29
Lebes Canoas comemora ponto (Créditos: Fernando Potrick | Gama)

O Lebes Canoas (RS) jogou em casa, contou com o apoio de sua torcida, e levou a melhor sobre o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) por 3 sets a 1 na noite desta segunda-feira (20.11) pela sétima rodada do turno da Superliga masculina de vôlei 2017/2018. No ginásio La Salle, em Canoas (RS), a equipe gaúcha, dirigida pelo técnico Marcel Matz, venceu com parciais de 25/23, 23/25, 25/16 e 26/24.

O central do Lebes Canoas, Matheus, teve atuação destacada e chamou atenção dos torcedores que votaram no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Com o maior número de votos, o jogador foi eleito o melhor da partida e premiado com o Troféu VivaVôlei CIMED. Após o jogo, Matheus falou sobre o desempenho do seu time.

“Tivemos uma sequência muito pesada, contra adversários com nível muito alto, candidatos ao título e sabíamos que hoje era confronto direto, apesar de também ser um jogo difícil. Nosso saque teve um efeito bom, nosso bloqueio funcionou bem e conseguimos essa importante vitória sobre a equipe de Maringá”, disse Matheus.

A sequência citada pelo central do Lebes Canoas foi enfrentada nas últimas quatro rodadas, quando a equipe gaúcha foi superada pelos times do Sesi-SP, EMS Taubaté Funvic (SP), Sada Cruzeiro (MG) e Sesc RJ, antes de voltar a conquistar a vitória nesta noite.

O oposto do Lebes Canoas, Leandrão, foi o maior pontuador da partida, com 20 acertos, sendo 15 de ataque, três de saque e dois de bloqueio. Alison Bastos foi quem mais marcou no Copel Telecom Maringá Vôlei, com 17 pontos.

Do lado do time paranaense, o ponteiro Thiago Alves fez questão de deixar claro que o grupo não está satisfeito com a campanha na Superliga – o time ainda não venceu nenhuma partida até esta sétima rodada.

“Não estamos orgulhosos dessa campanha. No começo pegamos as equipes de maior investimento, as teoricamente favoritas, e agora enfrentamos dois adversários do nosso escalão, Caramuru e Canoas, e não conseguimos as vitórias. Hoje foi um jogo parelho. Temos que pensar em melhorar o foco em alguns momentos, a concentração porque isso vai fazer a diferença”, destacou o capitão do Copel Telecom Maringá Vôlei.

Na próxima rodada, o Lebes Canoas enfrentará o Ponta Grossa Caramuru (PR) na casa do adversário no próximo sábado (25.11), às 20h. O Copel Telecom Maringá Vôlei jogará no mesmo dia, às 18h30, contra o JF Vôlei (MG) em casa.

E já pela sétima rodada do turno da Superliga masculina, o Sada Cruzeiro (MG) venceu o Minas Tênis Clube (MG) por 3 sets a 0; o Sesi-SP bateu o Vôlei Renata (SP) por 3 a 1; o Sesc RJ levou a melhor sobre o JF Vôlei (MG) por 3 sets a 0, e o EMS Taubaté Funvic (SP) derrotou o Montes Claros Vôlei (MG) por 3 sets a 2.

A rodada será encerrada nesta terça-feira (21.11), quando o Ponta Grossa Caramuru (PR) receberá o Corinthians-Guarulhos (SP) às 21h30, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa (PR), com transmissão ao vivo do SporTV.

O JOGO

Rodrigo abriu o placar da partida a favor do Lebes Canoas. Kaio respondeu para o Copel Telecom Maringá Vôlei. No bom saque de Leandrão, o time da casa abriu 5/1. Quando o placar chegou a 7/2, Renato Lúcio pediu tempo. Com Wennder, a equipe paranaense reduziu a desvantagem para 7/10. Com Ialisson, o Copel Telecom Maringá fez 9/12. O Lebes Canoas voltou a pontuar mais e abriu seis de vantagem em 16/10. O placar voltou a ficar mais equilibrado em 15/18. O Maringá ainda marcou 17/19 e foi a vez de Marcel Matz pedir tempo. No bloqueio de Ialisson, o Copel Telecom Maringá fez 19/21 e o treinador do Lebes Canoas parou o jogo de novo. Na volta, Matheus pontuou e a equipe da casa fez 22/19. Johan, que havia entrado para sacar, conseguiu dois pontos neste fundamento e Maringá fez 23/23. Mas, o Lebes Canoas fechou na largadinha de Leandrão, fazendo 25/23.

Assim como no set anterior, o Lebes Canoas abriu boa vantagem no início da segunda parcial, abrindo 4/1 e forçando o técnico do Copel Telecom Maringá Vôlei a pedir tempo. Na volta, Alison pontuou para a equipe paranaense e, depois de grande defesa de Thiago Alves, que havia acabado de entrar, encostou em 3/4. Com Leandrão, Canoas fez 7/5. Com Wennder, o Copel Telecom Maringá assumiu o comando do marcador (8/7). Com dois bons saques de Alê, o time visitante abriu 11/7. No bloqueio de Ricardinho, Maringá marcou 14/10. O Lebes Canoas buscou, fez 13/15, e depois chegou ao ponto de empate em 16/16. A equipe visitante voltou a pontuar e, no bloqueio de Wennder, fez 18/16. Mais uma vez Canoas empatou em 19/19. No bloqueio de Thiago Alves, 22/19. No ace de Matheus, que havia acabado de entrar, Maringá fez 24/20. O Lebes Canoas encostou em 23/24. E com Ialisson, o Copel Telecom Maringá fechou em 25/23.

O terceiro set começou com as equipes trocando pontos. Com Leandrão, o Lebes Canoas fez 3/2. No bloqueio, o time da casa fez 5/4 e na largadinha de Alê o Copel Telecom Maringá deixou tudo igual em 4/4. Com Rodrigo, os donos da casa empataram em 8/8. Com mais um ponto de bloqueio, o Lebes Canoas marcou 13/12. Em boa passagem de Matheus pelo saque, os donos da casa abriram três de vantagem (17/12). O placar ficou ainda mais elástico (20/13) e o treinador de Maringá pediu tempo. O grupo gaúcho seguiu melhor em quadra, fazendo 22/15. Administrando a vantagem, o Lebes Canoas venceu o terceiro set por 25/16.

Pontuando bastante pelo meio de rede, o Lebes Canoas marcou 3/2 com Matheus. Com Ialisson bem no saque, o Copel Telecom Maringá abriu dois de vantagem em 5/3. O time visitante seguiu no comando do placar em 9/7. A equipe de Canoas buscou e deixou tudo igual em 10/10. Com Alê, o Maringá marcou 13/12. Com Bruno, a equipe visitante empatou em 16/16. Rodrigo pontuou no ataque e o Lebes Canoas fez 18/17. No erro do adversário, os donos da casa conseguiram abrir dois (20/18) e Renato Lúcio pediu tempo. O Lebes Canoas abriu 22/20 e, no bloqueio, Maringá empatou em 22/22. Marcel pediu tempo. Johan deixou tudo igual em 24/24. E, no erro do adversário, o Lebes Canoas fechou em 26/24.

EQUIPES

LEBES CANOAS – Pedro, Leandrão, Matheus, Michel, Eduardo e Rodrigo. Líbero – Pallotti
Entraram – Bitello, Abouba, Arthur Nath, Victor Hugo
Técnico: Marcel Matz

COPEL TELECOM MARINGÁ VÔLEI – Ricardinho, Alison, Wennder, Ialisson, Kaio e Alê. Líbero – Daniel
Entraram – Matheus, Giancarlos, Johan, Thiago Alves, Gian, Bruno
Técnico: Renato Lúcio

SUPERLIGA MASCULINA 17/18

Sétima rodada do turno

18.11 (SÁBADO) – Minas Tênis Clube (MG) 0 x 3 Sada Cruzeiro (MG), às 18h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (23/25, 24/26 e 24/26)
18.11 (SÁBADO) – Vôlei Renata (SP) 1 x 3 Sesi-SP, às 21h30, no Taquaral, em Campinas (SP) (18/25, 18/25, 30/28 e 12/25)
19.11 (DOMINGO) – JF Vôlei (MG) 0 x 3 Sesc RJ, às 13h, na UFJF, em Juiz de Fora (MG) (17/25, 18/25 e 22/25)
19.11 (DOMINGO) – Montes Claros Vôlei (MG) 2 x 3 EMS Taubaté Funvic (SP), às 15h, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) (21/25, 23/25, 25/23, 25/17 e 6/15)
20.11 (SEGUNDA-FEIRA) – Lebes Canoas (RS) 3 x 1 Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 18h, no ginásio La Salle, em Canoas (RS) (25/23, 23/25, 25/16 e 26/24)
21.11 (TERÇA-FEIRA) – Ponta Grossa Caramuru (PR) x Corinthians-Guarulhos (SP), às 21h30, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa (PR) – SPORTV 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro