Fora de casa, Camponesa/Minas supera Vôlei Bauru

Publicado em: 07/11/2017 23:41
Rosamaria no ataque contra o Vôlei Bauru (Créditos: Neide Carlos/Vôlei Bauru )

O Camponesa/Minas (MG) conseguiu a terceira vitória consecutiva na Superliga feminina de vôlei 17/18. A equipe mineira venceu de virada, nesta terça-feira (07.11), o Vôlei Bauru (SP) por 3 sets a 1 (20/25, 25/18, 25/20 e 25/17), no Panela de Pressão, em Bauru (SP). A partida foi válida pela quinta rodada do turno da competição.

O resultado colocou o Camponesa/Minas em quarto lugar na classificação geral, com 10 pontos (três vitórias e duas derrotas). O Vôlei Bauru está na sexta colocação, com sete pontos (dois resultados positivos e três negativos). O Dentil/Praia Clube (MG) lidera, com 15 pontos e cinco vitórias.

A ponteira Rosamaria, do Camponesa/Minas, brilhou, foi eleita a melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED. A atacante ainda terminou a partida como a maior pontuadora, com 20 acertos. A central Mara também se destacou, com 17 acertos.

Eleita a melhor da partida, Rosamaria fez uma análise do confronto contra o Vôlei Bauru.

“A partida de hoje foi definida pelo saque. A equipe que sacou melhor ficou com a vitória. Sabíamos que seria uma partida difícil. Elas jogam muito bem em casa, mas conseguimos ter uma boa atuação e as jogadoras que vieram do banco contribuíram muito para o resultado. Essa foi a vitória de um time”, disse Rosamaria.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima sexta-feira (10.11). O Camponesa/Minas jogará com o Sesi-SP, às 19h, no Sesi, em Santo André (SP). Já o Vôlei Bauru lutará pela reabilitação contra o Dentil/Praia Clube (MG), às 19h30, no Praia Clube, em Uberlândia (MG).

Outros três jogos

Em casa, o Fluminense (RJ) tirou a invencibilidade do Vôlei Nestlé (SP) na Superliga feminina 17/18. A equipe carioca venceu de virada o time de Osasco (SP) por 3 sets a 2 (19/25, 27/29, 25/20, 27/25 e 15/13), no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro. A levantadora Giovana foi eleita a melhor em quadra e levou o Troféu VivaVôlei CIMED para casa.

O Sesc RJ foi até São Paulo e manteve a invencibilidade na Superliga 17/18. A equipe carioca venceu o Pinheiros (SP) por 3 sets a 1 (25/23, 23/25, 25/18 e 25/19), no Henrique Villaboin. A levantadora Roberta brilhou em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED. A central Mayhara foi a maior pontuadora da partida, com 23 pontos.

O Renata Valinhos/Country (SP) conseguiu a primeira vitória na Superliga 17/18. Nesta terça-feira, a equipe do treinador André Rosendo superou o Sesi-SP por 3 sets a 1 (24/26, 25/18, 25/16 e 25/16), no ginásio do Sesi, em Santo André. A atacante Vivian, do time valinhense, foi eleita a melhor da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED. A ponteira Paula Mohr foi a maior pontuadora das visitantes, com 19 acertos. 

O JOGO

O Vôlei Bauru começou melhor e fez 4/1. O Camponesa/Minas cresceu de produção e empatou (4/4). O time da casa voltou a abrir no marcador (8/4) e o técnico do time mineiro, Stefano Lavarini, pediu tempo. A paralisação fez bem as visitantes que empataram (8/8). Com um ace da central Andressa, o Vôlei Bauru abriu dois pontos (11/9). Bem no saque, as donas da casa abriram quatro pontos (18/14). O time da casa segurou a vantagem até o final da parcial e venceu o primeiro set por 25/20 com um ponto de bloqueio.

O segundo set começou equilibrado. A ponteira Palácios cresceu de produção e as donas da casa fizeram 5/3. Com um ace da ponteira Rosamaria, o time mineiro abriu dois pontos (7/5). Se aproveitando dos erros do time da casa, as mineiras fizeram 13/9 e o treinador Fernando Bonatto pediu tempo. O Vôlei Bauru melhorou no saque e encostou no final da parcial (20/17). O Camponesa/Minas dominou a parte final da parcial e venceu o segundo set por 25/18.

O Vôlei Bauru voltou melhor para o terceiro set e fez 7/3 numa bola de segunda da levantadora Juma. Quando a equipe de Bauru fez 8/3, o treinador do Camponesa/Minas pediu tempo. A paralisação fez bem a equipe mineira que encostou (11/7). O time visitante passou a bloquear e sacar com eficiência e empatou (16/16). O Camponesa/Minas foi melhor na parte final da parcial e venceu o terceiro set por 25/20.

O Vôlei Bauru novamente começou bem o quarto set e fez 5/2. O time de Bauru seguiu ditando o ritmo da parcial e fez 11/4. O bloqueio do time mineiro cresceu de produção e a vantagem no placar caiu para um ponto (11/10). Liderados pela ponteira Rosamaria, o time mineiro abriu quatro pontos (16/12).O Camponesa/Minas liderou a parcial até o final e venceu o set por 25/17 e o jogo por 3 sets a 1. 

EQUIPES:


Vôlei Bauru – Juma, Helô, Paula Pequeno, Palácios, Valquíria e Andressa. Líbero – Shara Venegas
Entraram – Ju Carrijo, Dayse, Arlene,  
Técnico – Fernando Bonatto


Camponesa/Minas – Macris, Karol Tormena, Rosamaria, Pri Daroit, Mara e Mayany. Líbero – Léia 
Entraram – Natália, Karine, Laiza, Hooker, Luana, 
Técnico – Stefano Lavarini

 

SUPERLIGA FEMININA 2017/2018
 

Quinta rodada do turno
 

31.10 (TERÇA-FEIRA) – BRB/Brasília (DF) 0 x 3 Dentil/Praia Clube (MG), no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) (22/25, 12/25 e 12/25)
06.11 (SEGUNDA-FEIRA) – São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) 1 x 3 Hinode Barueri (SP), às 17h, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP)(10/25, 22/25, 25/21 e 24/26)
07.11 (TERÇA-FEIRA) – Sesi-SP 1 x 3 Renata Valinhos/Country (SP), às 19h, no Sesi Santo André, em São Paulo (SP) (26/24, 18/25, 16/25 e 16/25)
07.11 (TERÇA-FEIRA) – E.C. Pinheiros (SP) 1 x 3 Sesc RJ, às 19h30, no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) (23/25, 25/23, 18/25 e 19/25)
07.11 (TERÇA-FEIRA) – Fluminense (RJ) 3 x 2 Vôlei Nestlé (SP), às 20h, no ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) (19/25, 27/29, 25/20, 27/25 e 15/13) 
07.11 (TERÇA-FEIRA) – Vôlei Bauru (SP) 1 x 3 Camponesa/Minas (SP), no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP) – SPORTV (25/20, 18/25, 20/25 e 17/25)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro