Diante da torcida, Vôlei Nestlé vence Pinheiros

Publicado em: 03/11/2017 23:45
Fabíola foi eleita a melhor da partida (Créditos: João Pires/FotoJump)

A quarta rodada do turno da Superliga Feminina 17/18 terminou na noite desta sexta-feira (03.11) com a vitória do Vôlei Nestlé (SP) sobre o Pinheiros (SP) por 3 sets a 0 (25/20, 25/21 e 25/22), em 1h29 de partida no José Liberatti, em Osasco (SP). Com o resultado o Vôlei Nestlé manteve a invencibilidade na competição e está em terceiro lugar com 11 pontos. O Pinheiros está agora em sétimo.

No jogo desta noite, o time de Osasco pressionou as visitantes no saque e mostrou bom volume defensivo. O destaque da partida ficou com a levantadora Fabíola, eleita a melhor em quadra em votação popular. Ela ficou com o Troféu VivaVôlei CIMED. Após o jogo o treinador Luizomar de Moura comentou o momento que o clube vive no início da competição.

“Tivemos um campeonato paulista muito difícil, vencemos no Golden Set e o Spencer Lee (assistente técnico) foi um monstro comandando o time. O elenco foi se moldando. Agora já temos a Superliga que também é uma pedreira. Temos as estrangeiras (Ninkovic e Leyva) que estão evoluindo muito rápido, a Fabíola ficou fora do Brasil muito tempo. Ainda há muito trabalho a fazer. É um time jovem comandado por duas grandes levantadoras, vai dar gosto de trabalhar com este grupo”, contou o técnico.

O próximo compromisso do Vôlei Nestlé será contra o Fluminense (RJ), fora de casa, nesta terça-feira (07.11), no ginásio do Hebraica, às 20h. No mesmo dia, às 19h30, o Pinheiros recebe o SESC-RJ no Henrique Villaboin, em São Paulo (SP).

Outros dois jogos movimentaram a sexta-feira

A rodada desta sexta-feira contou com outros dois duelos. No Rio de Janeiro (RJ) o SESC-RJ conquistou a quarta vitória seguida ao bater o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) por 3 sets a 0 (25/23, 25/16 e 25/18), em 1h08, no ginásio do Tijuca. O resultado deixou a equipe carioca na segunda posição. Já o Camponesa Minas (MG) manteve o ritmo de reação no campeonato e venceu o segundo jogo seguido, desta vez o triunfo foi sobre o BRB/Brasília Vôlei (DF) por 3 sets a 0 (25/15, 25/15 e 25/21), em 1h14, no Sesi Taguatinga no Distrito Federal. O time de Minas Gerais agora subiu para a quarta posição.

O Jogo

O saque flutuante da central Bia do time da casa desequilibrou as ações das adversárias e o Vôlei Nestlé abriu 4/0. As meninas do Pinheiros reencontraram o equilíbrio e diminuíram a diferença, mas com o ataque da sérvia Ninkovic, a equipe anfitriã fez 15/12. O Vôlei Nestlé administrou a vantagem e segurou as investidas adversárias, e, no erro de saque de Bruna Honório, fechou o set em 25/20.

As visitantes vieram para o segundo set com um ritmo mais forte e abriram 2/6, forçando o técnico Luizomar de Moura pedir tempo logo cedo. A parada fez efeito e o time da casa virou o placar no contra-ataque da peruana Angela Leyva, 7/6. O volume defensivo do Vôlei Nestlé fez a diferença na manutenção da vantagem. Com a pipe de Tandara, as donas da casa fizeram 21/18. E com ataque rápido no meio de Bia, as donas da casa levaram mais um set, 25/21.

Embaladas pela vitória nos sets anteriores, as meninas do Vôlei Nestlé mantiveram a pressão no saque no terceiro set e conseguiram abrir boa vantagem, com ataque do fundo de Paula Borgo, o time da casa fez 10/5. Os contra-ataques do time de Osasco minaram as tentativas de reação do Pinheiros e Tandara, na entrada, fez 15/11. As visitantes melhoraram no bloqueio e na defesa e encostaram em 20/18. Com bola de graça convertida pela central Ninkovic, o Vôlei Nestlé fechou em 25/22.

EQUIPES:

Vôlei Nestlé –  Fabíola, Paula Borgo, Bia, Ninkovic, Tandara e Angela Leyva. Líbero Tássia

Entraram –  Carol Albuquerque, Lorenne

Técnico – Luizomar de Moura

Pinheiros –  Diana, Bruna Honório, Roberta, Milka, Vanessa Janke e Mari Cassemiro. Líbero Juliana Paes

Entraram – Bruninha, Ivna, Lana, Lays

Técnico – Paulo de Tarso

SUPERLIGA FEMININA 17/18

QUARTA RODADA DO TURNO

02.11 (QUINTA-FEIRA) – SESI-SP 1x3 Vôlei Bauru (SP) – Ginásio SESI de Santo André, em Santo André (SP), (25/14, 23/25, 19/25 e 23/25)

02.11 (QUINTA-FEIRA) – Hinode Barueri (SP) 3x0 Renata Valinhos/Country (SP) – Ginásio José Correa, em Barueri (SP), (25/16, 25/20 e 25/17)

02.11 (QUINTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3x0 Fluminense F C (RJ) – Ginásio Praia Clube, em Uberlândia (MG), (25/17, 25/15 e 25/20)

03.11 (SEXTA-FEIRA) – BRB/Brasília Vôlei (DF) 0x3 Camponesa/Minas (MG) – Ginásio Sesi Taguatinga, em Taguatinga (DF), (15/25, 15/25 e 21/25)

03.11 (SEXTA-FEIRA) – SESC-RJ 3x0 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) – Ginásio Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), (25/23, 25/16 e 25/18)

03.11 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 3x0 E C Pinheiros (SP) – Ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), (25/20, 25/21 e 25/22)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro