Sada Cruzeiro vence Vôlei Brasil Kirin e abre 2 a 0 na série

Publicado em: 14/04/2017 01:24
O ponteiro do Sada Cruzeiro, Leal, foi eleito o melhor jogador da partida (Créditos: William Lucas/Inovafoto/CBV)

O Sada Cruzeiro (MG) esteve em Campinas (SP), casa do adversário, e levou a melhor sobre o Vôlei Brasil Kirin (SP), na noite desta quinta-feira (13.04), pela segunda rodada das semifinais da Superliga masculina de vôlei 2016/2017. No ginásio do Taquaral, o time mineiro por 3 sets a 1 (25/21, 25/19, 21/25 e 25/22), em 2h de jogo neste segundo resultado positivo na série melhor de cinco jogos. No primeiro encontro, o Sada Cruzeiro já havia vencido, em casa, também por 3 a 1.

Caso consiga mais uma vitória no próximo dia 22, o time mineiro estará classificado para a final da Superliga masculina 16/17. Se o Brasil Kirin buscar o resultado positivo, a série irá para a quarta partida, no dia 27 deste mês.

Nesta noite, o Sada Cruzeiro contou, mais uma vez, com uma atuação de destaque do ponteiro Leal. O jogador foi o mais votado no site do Vôlei Brasil (Confederação Brasileira de Voleibol) e, eleito o melhor da partida, foi premiado com o Troféu VivaVôlei. Após o bom resultado, Leal agradeceu pelo prêmio.

“É bom ver o reconhecimento. Estamos em uma fase muito boa, muito feliz por sempre estar jogando nesse nível. Abrimos dois jogos na série e isso é algo bem importante, mas temos que estar concentrados para esse próximo confronto em casa, que vai ser muito estudado. O nosso time está jogando bem, em uma sequência boa e vamos fazer de tudo para fechar essa série em casa”, disse Leal.

Pelo lado do Vôlei Brasil Kirin, um dos destaques ficou por conta do ponteiro Bruno Temponi, maior pontuador do duelo, ao lado de Leal, com 18 acertos cada um. Apesar do resultado negativo, o atacante do time campineiro fez questão de elogiar alguns pontos considerados positivos no desempenho do grupo campineiro.

“O Sada Cruzeiro é muito competitivo, tem muito volume de jogo e isso dificulta. Mas, nós tivemos força nas viradas de bola, erramos pouco e por isso foi um jogo equilibrado, decidido apenas nos detalhes. Melhor de cinco é uma serie longa e a cada dia vamos estudando mais o adversário e isso dificulta para os dois lados, deixando as partidas ainda mais equilibradas. Ao nosso time, dá a oportunidade de estudar a equipe deles e fazer jogos cada vez melhores”, concluiu Temponi.

A outra série pelas semifinais está sendo disputada entre Funvic Taubaté (SP) e Sesi-SP. No primeiro duelo, o time de Taubaté venceu por 3 sets a 0, e o segundo encontro  será neste sábado (15.04), às 21h30, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP), com transmissão ao vivo do SporTV.

O JOGO

Vini abriu o placar do jogo a favor do Vôlei Brasil Kirin depois de bom saque de Maurício Souza. Ainda com o central campeão olímpico no saque, o time da casa abriu 4/0. Neste momento, Marcelo Mendez pediu tempo. Evandro marcou o primeiro ponto do Sada Cruzeiro. O grupo da casa chegou a abrir 6/2. O time mineiro reagiu e encostou no placar em 5/6, forçando Horacio Dileo a parar a partida. No bloqueio de Isac, o Sada empatou em 6/6. O set seguiu com as equipes trocando pontos. Temponi fez 10/10. Com leal, o time cruzeirense colocou três de diferença: 13/10. Quando o placar apontou 16/11, Dileo pediu tempo. No bom saque de Temponi, 13/17. Mas, o Sada Cruzeiro seguiu pontuando bem e fez 21/14. Em boa passagem de Diogo pelo saque e com dois pontos seguidos de Rivaldo, o Brasil Kirin diminuiu a diferença no marcador para 20/22. Depois disso, o time mineiro passou a pontuar mais e fechou em 25/21.

O segundo set teve um início equilibrado. O Sada Cruzeiro teve um de vantagem em 7/6. Com Evandro bem no saque, o time visitante abriu vantagem. Na sequência, fez 11/8. Com Evandro bloqueando, o Sada marcou 13/9 e o técnico do Brasil Kirin, Horacio Dileo, pediu tempo. Filipe pontuou e a equipe cruzeirense chegou a 15/10. Com ponto de bloqueio de Bruno Temponi, o Vôlei Brasil Kirin reduziu a desvantagem para 14/16. Mais uma vez com Temponi, o time da casa encostou em 16/17 e Marcelo Mendez pediu tempo. A partir deste momento, o Sada Cruzeiro passou a pontuar mais e fez 22/17. No final, vitória da equipe visitante, que fechou a segunda parcial em 25/19.

O Sada Cruzeiro abriu 3/0 logo no começo do set. O Vôlei Brasil Kirin reagiu e, no ace de Rivaldo, empatou em 3/3. Temponi pontuou no ataque e o time da casa virou o placar para 4/3. Bem no saque, o Brasil Kirin abriu três pontos em 9/6. Marcelo Mendez pediu tempo. O grupo mineiro, então, buscou e chegou ao ponto de empate em 10/10. Novo empate em 12/12. No bloqueio de Vino, o Vôlei Brasil Kirin marcou 14/12 e, no ace de Rivaldo, 15/12. O time da casa teve três a frente em 18/15. No ace de Vini, 19/15. Diogo marcou 21/17 a favor do Brasil Kirin. E o time da casa fechou em 25/21 e fez a festa da torcida campineira.

Assim como o anterior, o quarto set teve um início bastante disputado. Com Filipe, o Sada Cruzeiro conseguiu abrir dois de vantagem (8/6). Depois de grandes defesas dos dois lados, Leal pontuou e o time visitante marcou mais um. No ponto de saque de Diogo, o Vôlei Brasil Kirin fez 10/12. Com bloqueio de Vini, o time campineiro encostou em 12/13. No erro do adversário, o Vôlei Brasil Kirin aproximou mais uma vez no marcador (15/16). Os donos da casa buscaam e, no saque de Maurício, empataram em 21/21. Mas, na sequência, o Sada Cruzeiro pontuou mais e fechou em 25/22.

EQUIPES

VÔLEI BRASIL KIRIN – Rodriguinho, Rivaldo, Vini, Maurício Souza, Diogo e Temponi. Líbero – Tiago Brendle

Entraram – Matheus, Jotinha, Baiano

Técnico: Horacio Dileo

SADA CRUZEIRO – William, Evandro, Isac, Simon, Filipe e Leal. Líbero – Serginho

Entraram – Fernando, Alan, Éder Levi

Técnico: Marcelo Mendez

GALERIA DE FOTOS

http://superliga.cbv.com.br/galeria/1850/campinas-sp---13.04.2017---superliga-masculina---volei-brasil-kirin-x-sada-cruzeiro

SUPERLIGA MASCULINA 16/17

Semifinais

Segunda rodada

13.04 (QUINTA-FEIRA) – Vôlei Brasil Kirin (SP) 1 x 3 Sada Cruzeiro (MG), às 22h, no Taquaral, em Campinas (SP) (21/25, 19/25, 25/21 e 22/25)

15.04 (SÁBADO) – Sesi-SP x Funvic Taubaté (SP), às 21h30, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP) - SPORTV

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro