Vôlei Nestlé vence Dentil/Praia Clube e é o primeiro finalista da temporada

Publicado em: 07/04/2017 22:55
Equipe do Vôlei Nestlé comemora a classificação para a final da Superliga 16/17 (Créditos: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

 O Vôlei Nestlé (SP) é o primeiro finalista da Superliga feminina de vôlei 2016/2017. A equipe de Osasco (SP) jogou em casa, no ginásio José Liberatti, e venceu o Dentil/Praia Clube (MG) na noite desta sexta-feira (07.04) por 3 sets a 1 (25/18, 23/25, 26/24 e 25/11), em 2h02 de partida, e fechou a série melhor de cinco jogos em 3 a 0.

Agora, O grupo dirigido pelo técnico Luizomar de Moura espera pelo resultado da série entre Rexona-Sesc (RJ) e Camponesa/Minas (MG) para conhecer o seu adversário na grande decisão. Por enquanto, as equipes emparam em 1 a 1 na série e o terceiro jogo acontecerá ainda nesta noite.

Em Osasco, a ponteira Tandara foi peça fundamental para o resultado positivo e, consequentemente, a classificação. A atacante foi a mais votada no site do Vôlei Brasil (Confederação Brasileira de Voleibol), sendo eleita a melhor jogadora da partida, e ainda foi a maior pontuadora, com 27 acertos.

No fim do jogo, Tandara se emocionou com o resultado e mais ainda ao receber o Troféu VivaVôlei das mãos de sua filha, Maria Clara.

“Foi um ano inteiro de trabalho, muitas críticas ao time e esse grupo trabalhou muito e é merecedor demais. Hoje, todas que entraram em quadra foram muito bem e a nossa equipe está de parabéns. Agora temos que trabalhar muito mais porque temos um desafio muito grande no dia 23”, disse Tandara.

Sobre receber o prêmio de forma tão especial, a atacante nem conseguiu expressar sua emoção. “Não tenho nem palavras”, comentou Tandara, já chorando.

O JOGO

A primeira bola do jogo já foi bastante disputada. Com Tandara, o Vôlei Nestlé saiu na frente em ponto de contra-ataque. O Dentil/Praia Clube virou o placar em 2/1. No bloqueio de Ramirez, o time mineiro abriu dois em 6/4. Com Tandara, a equipe da casa chegou ao ponto de empate em 8/8. O set esteve igual novamente em 13/13. Malesevic fez 16/14 para o Vôlei Nestlé e Picinin pediu tempo. Na sequência, 18/14 para as donas da casa e mais um pedido de tempo. Com apoio da torcida, o Vôlei Nestlé marcou 22/18 e fechou em 25/18.

Tandara abriu o segundo set com ponto de bloqueio. O Dentil/Praia Clube reagiu e abriu 4/2. Depois de bom saque de Michelle, o time mineiro marcou 6/3. Na sequência, no bloqueio de Alix, 7/3. Luizomar de Moura pediu tempo. No ace de Tandara, o Vôlei Nestlé reduziu a diferença para 5/7. A sérvia Bjelica pontuou e deixou tudo igual em 8/8. As equipes seguiram trocando pontos e o Praia teve um de vantagem em 12/11. Com Fabiana bloqueando, o grupo mineiro marcou 14/12. O time visitante abriu 17/14 e Luizomar parou o jogo. O Vôlei Nestlé buscou e, com Malesevic, empatou em 18/18. No bloqueio de Paula, o time da casa fez 20/19. O Praia voltou a virar em 23/22. Ramirez fechou em 25/23.

O time da casa entrou com ritmo forte no terceiro set. No saque de Bjelica fez 5/2. O Vôlei Nestlé colocou o dobro de pontos no placar (8/4) e Picinin pediu tempo. Alix pontuou na diagonal e o Dentil/Praia Clube fez 6/9. Contando com erros do adversário, o time de Osasco chegou a 11/7. No bloqueio de Michelle, o Praia fez 10/12 e novamente com a ponteira, desta vez no ataque, 11/12. Luizomar de moura parou o jogo. No saque de Ramirez, o Dentil/Praia Clube chegou ao ponto de empate: 12/12. As visitantes abriram boa vantagem em 17/13 e o técnico de Osasco parou de novo. O Vôlei Nestlé reagiu, fez 15/17, e foi a vez de Picinin pedir tempo. Tandara encostou em 16/17. No bloqueio de Fabiana, o Dentil/Praia Clube voltou a abrir: 19/16. No erro do adversário, o grupo da casa chegou ao empate em 21/21. O Dentil marcou 24/22. O Vôlei Nestlé reagiu e Tandara deixou tudo igual em 24/24 e ainda fechou em 26/24.

O quarto set começou equilibrado apenas até o 2/2. No ace de Bjelica, o Vôlei Nestlé abriu 4/2. A vantagem paulista seguiu em dois em 6/4. Quando o placar foi a 7/4, o técnico do Dentil/Praia Clube pediu tempo. No ace de Bia, o Vôlei Nestlé marcou 10/4. Na sequência, embalado pela força da torcida, o time da casa colocou sete de vantagem: 13/6. No ace da central Natália, 17/7. Sem dar chances do adversário, o Vôlei Nestlé seguiu melhor em toda a parcial e fechou em 25/11.

EQUIPES

VÔLEI NESTLÉ – Dani Lins, Bjelica, Ana Beatriz, Natália, Malesevic e Tandara. Líbero – Camila Brait

Entraram – Carol Albuquerque, Paula

Técnico: Luizomar de Moura

DENTIL/PRAIA CLUBE – Claudinha, Ramirez, Walewska, Natasha, Michelle e Alix. Líbero – Tássia

Entraram – Ju Carrijo, Carla, Fabiana, Luana, Ellen

Técnico: Ricardo Picinin

GALERIA DE FOTOS

http://superliga.cbv.com.br/galeria/1841/osasco-sp---07.04.2017---superliga-feminina---volei-nestle-x-dentilpraia-clube

SUPERLIGA FEMININA 16/17

Semifinais

Primeira rodada

31.03 (SEXTA-FEIRA) - Vôlei Nestlé (SP) 3 x 1 Dentil/Praia Clube (MG), às 19h, no José Liberatti, em Osasco (SP) - (25/27, 25/17, 25/12 e 25/13)

31.03 (SEXTA-FEIRA) - Camponesa/Minas (MG) 0 x 3 Rexona-Sesc (RJ), às 21h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (20/25, 19/25 e 18/25)

Segunda rodada

04.04 (TERÇA-FEIRA) - Dentil/Praia Clube (MG) 0 x 3 Vôlei Nestlé (SP), às 19h, no Praia Clube, em Uberlândia (MG) – (19/25, 22/25 e 22/25)

04.04 (TERÇA-FEIRA) - Rexona-Sesc (RJ) 1 x 3 Camponesa/Minas (MG), às 21h30, no Tijuca T.C., no Rio de Janeiro (RJ) – (22/25, 21/25, 25/21 e 19/25)

Terceira rodada

07.04 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 1 Dentil/Praia Clube (MG), às 19h, no José Liberatti, em Osasco (SP) (25/18, 23/25, 26/24 e 25/11)

07.04 (SEXTA-FEIRA) – Rexona-Sesc (RJ) x Camponesa/Minas (MG), às 21h30, no Tijuca T.C., no Rio de Janeiro (RJ) – SPORTV

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro