Segunda rodada das semifinais acontece nesta terça-feira

Publicado em: 03/04/2017 12:14
Rexona-Sesc levou a melhor no primeiro jogo da série contra o Camponesa/Minas (Créditos: Washington Alves/Inovafoto/CBV )

A terça-feira (04.04) promete ser de muita emoção para os fãs do voleibol com a segunda rodada do playoff melhor de cinco das semifinais da Superliga feminina de vôlei 16/17. No primeiro jogo do dia, o Dentil/Praia Clube (MG) receberá o Vôlei Nestlé (SP), às 19h, no Praia Clube, em Uberlândia (MG). Na sequência, às 21h30, o Rexona-Sesc (RJ) enfrentará o Camponesa/Minas (MG), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ). O SporTV transmitirá as duas partidas ao vivo.

No primeiro jogo da série, em Osasco, o Vôlei Nestlé levou a melhor sobre o Dentil/Praia Clube de virada por 3 sets a 1. Para ter um resultado diferente nesta terça-feira em Uberlândia (MG), a ponteira Ellen aposta no apoio da torcida mineira.

“Os dois jogos que serão em Uberlândia nós temos que ganhar, é a nossa obrigação. Essa série vai ser muito equilibrada, precisamos de paciência e parte física forte. Acredito que a nossa torcida vai nos ajudar muito nesse jogo para conseguirmos esse resultado positivo tão importante”, disse Ellen.

Pelo lado do Vôlei Nestlé, a ponteira Gabi, que entrou durante o primeiro jogo da série e foi um dos destaques na vitória da equipe de Osasco, espera um jogo ainda mais difícil em Uberlândia.

“Não teremos nenhuma facilidade em Uberlândia. A vitória no primeiro jogo da série não representa uma vantagem expressiva. Estamos nos preparando muito bem, pois sabemos da força do time do Dentil/Praia Clube”, explicou Gabi.

Rexona-Sesc x Camponesa/Minas

Na outra série semifinal, o Rexona-Sesc saiu em vantagem na série ao vencer a partida da última sexta-feira contra o Camponesa/Minas por 3 sets a 0. Para a experiente líbero Fabi, de 37 anos, os jogos do playoff ficam cada vez mais difíceis.

“O Camponesa/Minas vem com tudo para esse jogo, sabemos da qualidade do time delas e do poder ofensivo com jogadoras de muita qualidade como a Hooker, a Jaque e a Rosamaria. Estamos preparadas para uma série longa e continuamos a estudar bastante o time delas. É um playoff longo no qual os times se conhecem muito. Agora é aproveitar a oportunidade de jogar em casa diante da nossa torcida”, explicou Fabi.

No outro lado da rede a também líbero Léia acredita que o time mineiro pode fazer uma melhor apresentação na partida desta terça-feira, no Rio de Janeiro.

“Sabemos das nossas chances, temos treinado e estudado bastante o time delas para conseguir um bom resultado no jogo desta terça-feira. Continuamos em busca da vitória e analisamos o jogo de sexta-feira para não cometermos os mesmos erros amanhã”, garantiu Léia.

Nas quartas de final, o Rexona-Sesc passou pelo Pinheiros (SP), o Vôlei Nestlé pelo Fluminense (RJ), o Dentil/Praia Clube pelo Terracap/BRB/Brasília (DF), e o Camponesa/Minas eliminou o Genter Vôlei Bauru (SP).

Semifinais

Primeira rodada

31.03 (SEXTA-FEIRA) - Vôlei Nestlé (SP) 3 x 1 Dentil/Praia Clube (MG), às 19h, no José Liberatti, em Osasco (SP) - (25/27, 25/17, 25/12 e 25/13)
31.03 (SEXTA-FEIRA) - Camponesa/Minas (MG) 0 x 3 Rexona-Sesc (RJ), às 21h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (20/25, 19/25 e 18/25)

Segunda rodada

04.04 (TERÇA-FEIRA) - Dentil/Praia Clube (MG) x Vôlei Nestlé (SP), às 19h, no Praia Clube, em Uberlândia (MG) – SPORTV
04.04 (TERÇA-FEIRA) – Rexona-Sesc (RJ) x Camponesa/Minas (MG), às 21h30, no Tijuca T.C., no Rio de Janeiro (RJ) – SPORTV

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro