Vôlei Nestlé abre nova fase da competição com vitória sobre o Fluminense

Publicado em: 17/03/2017 00:42
Vôlei Nestlé jogou em casa e venceu por 3 sets a 0 (Créditos: William Lucas/Inovafoto/CBV)

O Vôlei Nestlé (SP) abriu a fase de quartas de final da Superliga feminina de vôlei 2016/2017 com vitória. Nesta quinta-feira (16.03), em casa, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), a equipe levou a melhor sobre o Fluminense (RJ) e saiu na frente na série melhor de três jogos, vencendo por 3 sets a 0 (25/23, 25/23 e 25/14), em 1h38 de partida.

Nesta noite, a líbero Camila Brait brilhou e, com grandes defesas, chamou atenção dos torcedores que votaram no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e deram a jogadora o Troféu VivaVôlei, que é o programa de responsabilidade social da entidade que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei.

A líbero comemorou o resultado desta noite. “Essa vitória foi muito importante. Cometemos alguns erros que não podemos cometer, deixamos ela abrir em alguns momento, e foi bom para estudarmos ainda mais o Fluminense. Agora na segunda rodada, sabemos que jogar lá é difícil, tem uma torcida que apoia, mas temos que entrar confiantes e buscar a vitória desde o início”, disse Brait.

Outro destaque do confronto foi a ponteira Tandara, maior pontuadora, com 17 acertos. “Fizemos o nosso primeiro dever de casa. O Fluminense tem um time muito experiente com Sassá, Ju Costa, Renatinha, e nós fizemos o que tínhamos que fazer. Ainda erramos bastante, tivemos erros de comunicação, mas que bom que a vitória veio”, concluiu Tandara.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima segunda-feira (20.03) na segunda partida da melhor de três. O confronto será às 19h, desta vez no Rio de Janeiro (RJ), no ginásio do Hebraica, com transmissão ao vivo do SporTV. Se o Vôlei Nestlé vencer, estará classificado para as semifinais. Caso o Fluminense leve a melhor, a decisão irá para o terceiro e último jogo.

E, ainda pela primeira rodada das quartas de final, o Pinheiros (SP) enfrentará o Rexona-Sesc (RJ) nesta sexta-feira (17.03), às 21h30, em São Paulo (SP). No sábado (18.03), o Dentil/Praia Clube (MG) receberá o Terracap/BRB/Brasília (DF) em Uberlândia (MG), e o Camponesa/Minas (MG) jogará contra o Genter Vôlei Bauru (SP), em Belo Horizonte (MG). Os três jogos terão transmissão ao vivo do SporTV.

O JOGO

Malesevic abriu o placar do jogo a favor do Vôlei Nestlé com uma largadinha. A equipe da casa abriu 4/o e Hylmer pediu tempo. O time de Osasco ainda fez 5/1. No bloqueio de Bjelica, o Nestlé abriu ainda mais a vantagem em 10/2. O Fluminense marcou quatro pontos seguidos e reduziu a diferença para 6/10. Luizomar pediu tempo. O placar ainda foi a 8/11. Com dois pontos de Letícia, o Flu marcou 12/14. No bloqueio de Renatinha, a equipe carioca encostou em 16/17. Com bom saque de Carol Albuquerque, o Vôlei Nestlé voltou a abrir vantagem: 19/16. Depois de bom saque de Ju Odilon, o Fluminense voltou a encostar (20/21). O placar esteve igual em 20/20. Gabi entrou em quadra e, com dois pontos seguidos, o time de Osasco fez 22/20. Embalado nesta reta final de set, o Vôlei Nestlé fechou em 25/23.

O Fluminense saiu na frente no segundo set e fez 2/1. Com Renatinha, o tricolor fez 5/2. Com Sassá, 6/4. Lara levou o time carioca a 8/6. Depois de boa defesa, Tandara pontuou no contra-ataque e o Vôlei Nestlé encostou em 8/9. Na sequência, o time de Osasco ainda virou o placar em 10/9. As donas da casa entraram em um bom ritmo e no bom saque de Natália colocaram cinco de vantagem: 15/10. O Flu reagiu e, em boa passagem de Natasha pelo saque, buscou o placar, fazendo 13/15.Luizomar pediu tempo. Na volta, Sassá pontuou e fez 14/15. O time do Rio de Janeiro seguiu bem e fez 17/16. O Vôlei Nestlé voltou a assumir o comando do placar e fez 19/18. O set voltou a ficar igual (21/21) e o time da casa parou o jogo. Com Renatinha, o Flu fez 22/21. Mas, o Vôlei Nestlé voltou a pontuar bem e fez 2 a 0, fechando em 25/23.

O Vôlei Nestlé saiu na frente e o Fluminense empatou em 2/2. No bloqueio de Lara, o tricolor chegou mais uma vez ao ponto de empate em 4/4. A partir deste momento, o time da casa abriu vantagem. Com ponto de saque de Natália, marcou 7/4. Hylmer Dias parou o jogo com pedido de tempo. O Nestlé chegou a 9/5 e na sequência, na largadinha de Tandara, a 12/7. No bloqueio de Ju Costa, o Flu fez 9/13. Renatinha pontuou e reduziu a diferença para 12/14. Luizomar pediu tempo. Na volta, Lara pontuou e fez 13/14. Mas, o Vôlei Nestlé voltou a colocar uma boa diferença e chegou a 21/14. No final, com Bjelica, o time da casa fez 25/14.

EQUIPES

VÔLEI NESTLÉ – Dani Lins, Bjelica, Natália, Ana Beatriz, Tandara e Malesevic. Líbero – Camila Brait

Entraram – Carol Albuquerque, Paula, Gabi

Técnico: Luizomar de Moura

FLUMINENSE – Pri Heldes, Renatinha, Lara, Letícia, Ju Costa e Sassá. Líbero – Juju Perdigão

Entraram – Jordane, Ariane, Ju Odilon, Natasha, Nathália

Técnico: Hylmer Dias

GALERIA DE FOTOS

http://superliga.cbv.com.br/galeria/1812/osasco-sp---16.03.2017---superliga-feminina---volei-nestle-x-fluminense

SUPERLIGA FEMININA 2016/2017

Quartas de final

Primeira rodada

16.03 (QUINTA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 0 Fluminense (RJ), às 21h55, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP) (25/23, 25/23 e 25/14)

17.03 (SEXTA-FEIRA) – Pinheiros (SP) x Rexona-Sesc (RJ), às 21h30, no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo (SP) – SPORTV

18.03 (SÁBADO) – Dentil/Praia Clube (MG) x Terracap/BRB/Brasília (DF), às 18h, no ginásio do Praia Clube, em Uberlândia (MG) – SPORTV

18.03 (SÁBADO) – Camponesa/Minas (MG) x Genter Vôlei Bauru (SP), 20h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) – SPORTV

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro