Sada Cruzeiro vence o Sesi-SP e segue invicto

Publicado em: 04/03/2017 22:30
O Sada Cruzeiro jogou em casa e venceu (Créditos: Renato Araújo - Divulgação Sada Cruzeiro)

Sem contar com dois titulares, o levantador William e o ponteiro Leal, poupados nesta nona rodada da Superliga masculina de vôlei 2016/2017, o Sada Cruzeiro (MG) conseguiu mais uma vitória, mantendo a invencibilidade na competição. Na noite deste sábado (04.03), em casa e embalada pela sua torcida, a equipe mineira levou a melhor sobre o Sesi-SP por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 26/24 e 25/19, em 1h24 de partida.

O Sada Cruzeiro contou com vários destaques. O levantador Fernando Cachopa, que substituiu William e o ponteiro Filipe estiveram entre os mais votados pelos torcedores no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), mas, no final, o Troféu VivaVôlei foi para o oposto Evandro. VivaVôlei é o programa de responsabilidade social da CBV, que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei.

No final da partida, o oposto comemorou a invencibilidade da sua equipe. “Nosso time está invicto até hoje e jogando como está especialmente pelo grupo. Hoje não tivemos dois jogadores, mas não é isso que faz a diferença. Temos um grupo repleto de bons jogadores e espero que nosso time continue dessa forma, sem perder na Superliga”, disse Evandro.

Pelo lado do Sesi-SP, o levantador Bruninho falou sobre o jogo desta noite. “Tivemos nossa chance nos dois primeiros sets e não soubemos aproveitar. Está faltando padrão. Alternamos muito. Hoje, acho que faltou um pouco de virada de bola. E eles foram bem, souberam defender bem, tiveram paciência para saber mudar a partida. Agora, temos que pensar para frente”, concluiu Bruninho.

Com os resultados desta rodada, o Sada Cruzeiro se manteve na liderança, com 58 pontos. Nesta noite, o Funvic Taubaté, que venceu o Vôlei Brasil Kirin (SP), assumiu a segunda colocação, com 48, e o Sesi-SP passou a ser o terceiro, com 46. Faltando apenas duas rodadas para o fim da fase classificatória, a briga segue na parte de baixo da tabela, com o Lebes/Gedeore/Canoas (RS) na oitava posição, com 25 pontos, enquanto o Bento Vôlei/Isabella (RS) tem 21 no nono lugar. Apenas os oito primeiros seguem para a próxima fase da Superliga.

Na penúltima rodada, o Sada Cruzeiro terá um importante desafio na próxima rodada, na quarta-feira (08.03), contra o Funvic Taubaté (SP), na casa do adversário, às 20h, com transmissão ao vivo no facebook da CBV. O Sesi-SP irá a Juiz de Fora (MG) enfrentar o JF Vôlei (MG) no dia seguinte, na quinta (09.03), às 21h55, em partida que terá transmissão ao vivo da RedeTV.

O JOGO

A partida começou melhor para o Sesi-SP, que fez 5/2, forçando Marcelo Mendez a pedir tempo. Com bom saque de Théo, o time paulista colocou seis de vantagem: 10/4. Evandro conseguiu um bonito ataque na saída de rede e reduziu a diferença no placar para 6/10. Novamente com Evandro, o Sada Cruzeiro fez 9/13. O Sesi-SP chegou a fazer 17/13. A diferença caiu para dois pontos em 19/17. No bom saque de Riad, 20/17 para o time paulista. O jogo voltou a ganhar equilíbrio em 21/20 para o Sesi-SP e, neste momento, Pacheco parou o jogo. No bloqueio de SImón, o Sada Cruzeiro deixou tudo igual em 22/22. No ace de Cristiano, o time mineiro teve o ponto do set (24/22). E, no erro do saque do adversário, o Sada fechou em 25/23.

O Sada Cruzeiro abriu o placar do segundo set e o Sesi-SP devolveu. Um novo empate em 4/4 manteve o jogo equilibrado. Com Isac, o Sada Cruzeiro abriu três de vantagem: 8/5. No ace de Bruninho, o Sesi-SP encostou em 8/9. O time da casa teve dois de vantagem em 15/13. Com Isac pelo meio de rede, os cruzeirenses chegaram a 17/14. O Sesi-SP voltou a encostar em 16/17. No bloqueio de Riad, o time paulista chegou ao empate (19/19). Com Rafa bem no saque, a equipe visitante passou em 20/19. O Sesi-SP ainda abriu 22/19. O Sada reagiu, encostou em 22/23, e Pacheco pediu tempo. No bloqueio de Rodriguinho, o empate em 23/23. Com ponto de bloqueio simples de Filipe, 25/24. E com mais um bloqueio, dessa vez de Isac, o Sada Cruzeiro fechou em 26/24.

O terceiro set começou novamente com equilíbrio (2/2). Com Lucão, o Sesi-SP fez 4/3 e outro central, Simón, deixou o Sada Cruzeiro empatado de novo em 4/4. No ace de Fernando, 6/5. Quando o placar foi a 10/7, Pacheco pediu tempo. Com Filipe bem no jogo, o time mineiro abriu boa vantagem em 15/10, levando o adversário a parar mais uma vez. Contando com erro do adversário, o Sada Cruzeiro chegou a 19/14. O Sesi-SP reduziu a diferença para 16/19 e Mendez pediu tempo. Mas, o único time invicto na Superliga levou a melhor e fechou em 25/19.

EQUIPES

SADA CRUZEIRO – Fernando, Evandro, Isac, Simón, Filipe e Rodriguinho. Líbero – Serginho

Entraram – Alan, Cristiano, Léo

Técnico: Marcelo Mendez

SESI-SP – Bruno, Théo, Lucão, Riad, Douglas e Fábio. Líbero – Serginho

Entraram – Leitzke, Alan, Rafa, Aracaju, Kaio

Técnico: Marcos Pacheco

Outros resultados da rodada

O Minas Tênis Clube (MG) perdeu o primeiro set, mas conseguiu virar e levou a melhor sobre o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR). Mesmo fora de casa, no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR), a equipe mineira venceu por 3 sets a 1 (25/27, 25/19, 25/17 e 25/21), em 2h03, com destaque do cubano Bisset, dono do Troféu VivaVôlei. O jogador ainda foi o maior pontuador do duelo, com 23 acertos.

O Funvic Taubaté (SP) esteve em Campinas (SP) e conseguiu boa vitória sobre o Vôlei Brasil Kirin (SP), de virada, por 3 sets a 1 (22/25, 25/23, 25/23 e 27/17). Depois de 2h03 de partida, o ponteiro Vinícius, que entrou em quadra ao longo do jogo, foi eleito o melhor da partida e recebeu o Troféu VivaVôlei. O oposto William, também do Taubaté, foi o maior pontuador, com 14 acertos.

O JF Vôlei (MG) jogou em casa e contou com a torcida para conseguir a boa vitória sobre o Montes Claros Vôlei (MG) por 3 sets a 2 (22/25, 25/18, 25/23, 21/25 e 15/10), em 2h34 de partida. O Troféu VivaVôlei foi para o oposto Renan, que também foi o maior pontuador do duelo, com 30 marcados.

Depois de 1h24 de jogo, o Bento Vôlei/Isabella (RS) levou a melhor sobre o Caramuru Vôlei/Castro (PR) por 3 a 0 (25/17, 25/20 e 25/18). No duelo que aconteceu em Castro (PR), o  Troféu VivaVôlei ficou com o líbero Daniel e o ponteiro Clint foi quem mais pontuou na partida, com 16 acertos.

SUPERLIGA MASCULINA 2016/2017

NONA RODADA DO RETURNO

04.03 (SÁBADO) – São Bernardo Vôlei (SP) 1 x 3 Lebes/Gedore/Canoas (RS), às 11h, no ginásio Adib Moysés Dib, em São Bernardo (SP) (18/25, 20/25, 26/24 e 30/28)

04.03 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) 1 x 3 Minas Tênis Clube (MG), às 19h, no Chico Neto, em Maringá (PR) (27/25, 19/25, 17/25 e 21/25)

04.03 (SÁBADO) – JF Vôlei (MG) 3 x 2 Montes Claros Vôlei (MG), às 18h, na UFJF, em Juiz de Fora (MG) (22/25, 25/18, 25/23, 21/25 e 15/10)

04.03 (SÁBADO) – Vôlei Brasil Kirin (SP) 1 x 3 Funvic Taubaté (SP), às 18h, no Taquaral, em Campinas (SP) (25/22, 23/25, 23/25 e 17/25)

04.03 (SÁBADO) – Caramuru Vôlei/Castro (PR) 0 x 3 Bento Vôlei/Isabella (RS), às 20h, no Padre José Pagnacco, em Castro (PR) (17/25, 20/25 e 18/25)

04.03 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro Vôlei (MG) 3 x 0 Sesi-SP, às 20h30, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG) (25/23, 26/24 e 25/19)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro